Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

No reinado da lei, o pobre e o rico tem direitos iguais... e o pequeno vence o grande se tem por si a justiça; é uma idéia remota, pois vem de Euripides. Historicamente, porém, é uma idéia falsa: o direito nunca foi outra coisa senão uma organização das desigualdades.
Jean Cruet
28/03/2022

Presidente do Banco Central reconhece o fracasso das reformas neoliberais no Brasil

"As reformas foram feitas e a projeção tinha que melhorar, subir, mas caiu", disse Roberto Campos Neto

247 – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reconheceu o fracasso das reformas neoliberais, que foram implementadas no Brasil após o golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff.

PUBLICIDADE

"Quando enumeravam as razões apontadas para o baixo crescimento, lá em 2014, vinha que precisávamos de reforma da Previdência, tributária, trabalhista, uma lei de eficiência econômica, outra para o mercado de gás, precisávamos de infraestrutura." afirmou Campos Neto ao programa Canal Livre, da BandNews.

"Se eu fizer uma lista de 20 de itens de que precisávamos e for ver o que foi feito, temos que boa parte da lista foi endereçada. A projeção tinha que melhorar, subir, mas caiu."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fique por dentro do 247

Receba diariamente nossa newsletter em seu email

Email

Enviar

"Campos Neto lembrou que, há cerca de uma década, pesquisas do Banco Central, com base em análises de economistas do mercado financeiro, apontavam que o crescimento do Brasil a longo prazo oscilavam entre uma média de 2% e 2,5% ao ano, uma taxa baixa para um país emergente com o Brasil. Agora, essa projeção de crescimento é mais baixa ainda. Fica entre 1% e 1,5%", aponta reportagem da Folha de S. Paulo.

Fonte: Brasil247
 
+ Clipagem

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br