Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

No reinado da lei, o pobre e o rico tem direitos iguais... e o pequeno vence o grande se tem por si a justiça; é uma idéia remota, pois vem de Euripides. Historicamente, porém, é uma idéia falsa: o direito nunca foi outra coisa senão uma organização das desigualdades.
Jean Cruet
21/03/2022

Na Secretaria de Governo, servidores cobram diálogo e fortalecimento do serviço público

Entidades são recebidas pela ministra Flávia Arruda.

Representantes do Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) e da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) foram recebidos, na tarde desta quinta-feira (10), pela ministra de Estado Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda.

Em pauta, o fortalecimento das entidades de classe do funcionalismo e a campanha salarial dos servidores públicos federais.

Na ocasião, Rudinei Marques, presidente do Fonacate e da Fenaud, falou da importância de superação das restrições trazidas pelo Ofício 605/2016, para manter o servidor liberado para mandato classista na folha de pagamento da União; e da Instrução Normativa (IN) 2/2018, para que a ministra considerasse a revogação do trecho que trata da participação dos servidores em eventos sindicais.

“A falta de reconhecimento dessa atuação e da representação do servidor, por parte do poder público, amputa a democracia”, declarou o deputado federal Professor Israel Batista (Solidariedade/DF), que também preside a Frente Servir.

Israel pontuou ainda a preocupação com a ausência de uma política salarial para as carreiras do Poder Executivo Federal e solicitou que Flávia Arruda seja “a ponte entre o funcionalismo e a cúpula do governo”.

Os sindicalistas reiteraram o pedido à ministra para intermediar uma reunião entre os servidores, Casa Civil e a equipe econômica para debater a política salarial do funcionalismo.

“Meu papel é de ser uma interlocutora política, independentemente das diferenças de pensamentos em algumas pautas. Então, é um prazer recebê-los e poder dialogar com cada um. Podem contar comigo para construir essa ponte”, ressaltou Flávia Arruda.

Para Rudinei Marques, “o Fonacate sai satisfeito com a abertura de um canal de diálogo com o Palácio do Planalto e com a disponibilidade da ministra para que as conversas se intensifiquem e sejam resolutivas”.

Já Bráulio Cerqueira, presidente do Unacon Sindical, destacou que “o espaço de diálogo entre servidores e governo aberto pela reunião de hoje com a ministra deve ser louvado. E a alta inflação junto com a proximidade do período eleitoral tornam urgente a questão salarial, muito mal conduzida até agora. Passou da hora dos servidores conversarem com Casa Civil e equipe econômica sobre o tema, está nas mãos da ministra estabelecer a ponte”.

Participaram do encontro as afiliadas ao Fórum: Anfip, Anafe, Anesp, Anffa Sindical, Fenaud, SindPFA, Sinal, Sinait, Sindilegis, SindCVM, Sindifisco Nacional e Unacon Sindical.

 
+ Clipagem

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br