Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Aquele que faz o mal prejudica em primeiro lugar a si mesmo, antes de prejudicar os outros.
Santo Agostinho
25/10/2021

MST é indicado para prêmio da Organização Internacional do Trabalho

Movimento é um dos cinco indicados. Se vencer, será a segunda vez em 40 dias. Em 11 de setembro, foi premiado na Espanha, pela luta pelos direitos humanos

Por Redação RBA

São Paulo – O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) é um dos cinco indicados ao Prêmio Esther Busser, concedido pela Organização Internacional dos Trabalho (OIT). Trata-se de uma distinção pela atuação de movimentos sociais na garantia de condições dignas de vida e de trabalho para a população.

A premiação será realizada na sexta-feira (22), depois de avaliação sobre centenas de organizações e indivíduos de países emergentes que dedicam seu trabalho à justiça social. Segundo o MST, na pandemia foram desenvolvidas iniciativas de solidariedade à classe trabalhadora, com doação de mais de 5 mil toneladas de alimentos e cerca de 1 milhão de marmitas.

Além disso, no âmbito do plano nacional “Plantar Árvores, Produzir Alimentos Saudáveis”, o movimento já plantou mais de 1 milhão de árvores em todo o país e, no último mês, construiu mais de 100 viveiros da Reforma Agrária Popular, com o objetivo de impulsionar a produção de mudas e plantio de árvores.

O nome do prêmio é uma homenagem a uma defensora dos direitos dos trabalhadores, com destaque para a sua atuação como pesquisadora e diretora adjunta da Confederação Sindical Internacional (CSI) por uma década.

Premiado na Espanha

No último 11 de setembro, o MST recebeu o prêmio Acampa – Pola Paz e Dereito e Refuxio (11/9), em Corunha, noroeste espanhol. A premiação é o reconhecimento internacional pela atuação do MST na defesa dos direitos humanos.

A votação foi por júri popular on-line, em que o MST foi o mais votado na categoria internacional, com 22,73% dos votos. Já na categoria local, quem levou o prêmio foi o ativista Nicanor Acosta, com 53,49%. Ambas as categorias receberão por seus representantes a escultura alegórica esculpida pela artista plástica Pilar Pérez Subías.

Para os dirigentes do MST, durante a pandemia aumentou ainda mais a ação do movimento em defesa dos direitos humanos, “em uma forma ampla de fazer a luta popular, tanto pela reforma agrária e produção de alimentos saudáveis, mas também porque o MST está preocupado com a natureza, com as relações sociais, com a construção da democracia, com a dignidade das pessoas e a solidariedade”.

Redação: Cida de Oliveira – Edição: Helder Lima

Fonte: G1
 
+ Clipagem

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br