Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Quanto mais espiritual o individuo faz a sua vida, menos medo ele terá da morte. Para uma pessoa espiritual a morte significa libertar o espírito do corpo. Tal pessoa sabe que as coisas com as quais vive não podem ser destruidas
Leon Tolstoi
11/02/2021

Site militar diz que Guedes Avança contra Programas Militares

A mais importante notícia publicada por DefesaNet, em 2020, foi o “Gen Braga Netto assume O Estado-Maior do Planalto”. A reorganização do Governo Bolsonaro, que interrompeu o Coup d´Etat iminente, organizado por FHC e seus agentes no Deep State caboclo (STF, TCU, CGU, MPF, PF, etc).

Porém, um ponto faltou na implantação do Estado-Maior do Planalto, que era a necessidade de redirecionar os parâmetros econômicos do “Liberalismo do Ministro Guedes”, para um foco desenvolvimentista.

Ação interrompido pela Pandemia, onde o Governo Bolsonaro teve como única meta, trabalhar para não explodir o país e o governo.

Ao iniciar o ano de 2021 novamente um artigo referente, que foi “Comentários de um fiel Observador”. O Observador alertava para que o Governo Bolsonaro dava as costas para seus mais fiéis aliados e parceiros de governabilidade.

“O centro de gravidade está nas Forças Armadas, mais precisamente no Exército Brasileiro. Engana-se quem acredita que os militares seguem cegamente o líder. Comprometidos com a Constituição Federal, eles são os garantidores da estabilidade, das instituições e do próprio governo. Não serão os barulhentos militares da reserva, muitos com cargos no governo, que vão salvaguardar Bolsonaro no poder, mas sim os silenciosos militares do Serviço Ativo. Uma instituição do Estado.”

Aproveitando a Pandemia a área econômica ataca de forma sistêmica e diuturna os dois principais suportes do Governo Bolsonaro: Militares (em especial o Exército) e o simples cidadão (sobre este trataremos em outra oportunidade).

Mas, fiquemos nas Forças Armadas onde um garboso Ten Brig postou em seu twitter, o justo orgulho, de ter 4 aeronaves KC-390 alinhadas na pista. Mencionava além do “planejamento” a “firmeza de convicções”.

DefesaNet obteve a informação que a “Economia de Guedes” planeja acabar com os Fundos, que dão sustentação a uma série de programas:

- Fundo Aeronáutico;

- Fundo Naval, e,

- Fundo do Exército.

Na continuidade estrangular as empresas IMBEL e EMGEPRON (com um programa de capitalização), para desenvolver e construir o Programa das Fragatas Tamandaré.

Esperar que uma solução de mercado, implausível, para a sobrevivência da EMBRAER.

Não param as más notícias.

O programa KC-X2 com a aquisição de duas aeronaves Airbus A-330 MRTT, excedentes da RAF, muito necessárias no atual período de pandemia, com grandes demandas, está muito próximo de ser cancelado. A aquisição, anunciada pelo presidente Bolsonaro bancada por transferência de recursos da Lava-Jato do Rio de Janeiro tem sido bloqueada pela área “Guediana”.

O Almirante-de-Esquadra Bento Albuquerque assumiu o Ministério de Minas Energia com a promessa da transferência dos Royaltes do Pré-Sal, que pingam de forma bissexta, nos programas da Marinha do Brasil.

Pode o governo estar acovardado e ter um Ministro em seu grupo, cujo único resultado prático até o momento foi o de garantir os pornográficos lucros do sistema financeiro em Plena Pandemia.

Pressionados pelos “Comissários Políticos e Administrativos” os gestores militares em especial, os do Exército Brasileiro, tomam uma atitude de proteger o seu CPF, omitindo-se de trabalhar nos limites que a Lei das Licitações 8666 permite.

O Brasil está sob um forte ataque cibernético e de forma sistêmica os investimentos nas áreas de Inteligência têm sido postergados. O meu. o seu e os dados de todos os brasileiros foram hackeados. Dados sob guarida o Governo Federal.

Um presidente que acredita que a inação solucionará os gravíssimos problemas, que nos avizinham com maior rapidez que pensa o Palácio do Planalto e a sua intrépida e quase inútil equipe econômica, com os seus pornográficos amigos do Sistema Financeiro.

Ao presidente Bolsonaro caberá distribuir títulos de propriedade rural (11FEV2021), no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)

Fonte: Defesanet (site independente de assuntos militares)
 
+ Capa

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br