Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O sabio que tudo sabe é aquele que sabe que nada sabe.
Platão
11/08/2020

UFRGS projeta pico de internações entre agosto e setembro –

Um estudo realizado por professores da UFRGS projeta que Porto Alegre deverá atingir o pico de pacientes com Covid-19 internados em leitos de UTI entre o final de agosto e meados de setembro. A partir daí, iniciaria uma queda gradual que chegaria a zero, ou próximo disso, em fevereiro de 2021. O modelo leva em conta as projeções de subnotificação da doença e o número de pessoas suscetíveis a serem infectadas pelo vírus. Assim, prevê quando será atingida a chamada “imunidade de rebanho”, isto é, quando uma grande parcela da população já teve contato com o vírus e, em tese, estaria imune, de forma que o ele deixe de circular ou passe a circular menos. A avaliação dos autores do estudo é que, com entre 30% e 40% da população de Porto Alegre infectada, a taxa de internações comece a reduzir, o que deverá acontecer, segundo a pesquisa, a partir do final de agosto. De acordo com a estimativa da UFPel, até 60 mil porto-alegrenses já poderiam ter tido contato com o coronavírus no mês passado.

Nove regiões na bandeira vermelha – O Governo do Estado confirmou nove regiões de alto risco para a Covid-19, em vez das 12 pré-classificadas na sexta. Estão sob bandeira vermelha Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Taquara, Passo Fundo, Capão da Canoa, Palmeiras das Missões, Erechim e Pelotas. As regiões somam 239 municípios, que representam 59,3% da população do Estado. Desse total, 115 municípios poderão adotar medidas da bandeira laranja já que não registraram novas hospitalizações ou óbitos por Covid-19 nos 14 dias anteriores à avaliação do Piratini. A fase que se inicia hoje será a primeira da cogestão entre Estado e prefeituras no distanciamento controlado. A partir de agora, as regiões poderão enviar protocolos alternativos a partir da terça-feira para vigorarem na quinta. Para mudanças na classificação do Piratini, é necessário consenso de dois terços dos prefeitos das respectivas regiões.

Fonte: Meio
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br