Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Pessimista é um otimista bem informado.
Autor Desconhecido
14/07/2020

UFRGS projeta para agosto pico da Covid-19 na Capital

Até agosto, Porto Alegre deve ter 27 mil pessoas infectadas pelo coronavírus. O pico é projetado por um grupo de pesquisadores da UFRGS. Eles estimam ainda que, desse total, 300 pessoas estarão internadas em UTI e 200 precisarão de respiradores. O estudo recomenda a criação de 50 a 100 novos leitos para atender os pacientes. “O afastamento social tem um efeito matemático, é uma intervenção na pandemia. Houve um achatamento da curva, ou seja, o vírus não se espalhou de uma forma exponencial nos primeiros dois, três meses. Então, nós vimos março e abril de UTIs vazias, mas quando houve uma abertura para o comércio, nós notamos que houve um aumento dessa transmissão”, afirmou o médico Maurício Saueressig, um dos responsáveis pela pesquisa.

Até ontem, a Capital registrava 3.980 casos confirmados da doença, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES), fonte da projeção da Ufrgs. Já a prefeitura informava 4.826 infectados na cidade, com 259 suspeitos e confirmados em leitos de UTI, cuja ocupação total estava em 83,1% à noite.

Nesta segunda, 10 novos leitos de UTI ficaram prontos no Hospital Restinga para tratar a Covid-19. Ao visitar o local, o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) afirmou: “Temos feito tudo para evitar o lockdown e esperamos que isso não seja necessário na cidade”. Por ora, flexibilizações seguem fora do horizonte, e novas medidas, como até mesmo a proibição do uso de dinheiro em horários de pico (??) no transporte público, podem ser decretadas.

O modelo mais radical de restrições é a única alternativa para evitar o colapso do sistema de saúde, segundo o infectologista Alexandre Zavascki. Ele assina a nota de alerta da Sociedade Rio-grandense de Infectologia, publicada no domingo. No comunicado, a entidade afirma que a situação é grave em todo o território gaúcho, que já contabiliza 39.656 casos confirmados e 995 óbitos, segundo a SES. O texto destaca ainda o adoecimento dos profissionais de saúde como um dos fatores que pode levar ao colapso.

Enfermeiros e técnicos de enfermagem são o maior contingente de trabalhadores no setor. Além de enfrentarem o risco de infecção, são levados a cumprir jornadas duplas ou triplas para compensar a baixa remuneração. Estima-se que oito a cada dez enfermeiros têm um segundo emprego e pelo menos um terço trabalha entre 40 e 80 horas semanais.

O que mais você precisa saber

Dez regiões na bandeira vermelha – Das 15 regiões classificadas como de risco alto na sexta-feira, cinco tiveram seus recursos acatados pelo Governo do Estado. Assim o RS ficará com dez regiões sob a bandeira vermelha a partir de hoje. Além de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Palmeiras das Missões e Pelotas, que já estavam em bandeira vermelha, passarão a integrar a área de alto risco as regiões de Taquara, Passo Fundo, Caxias do Sul e Cachoeira do Sul. Vivem na área considerada de alto risco de transmissão do coronavírus 8,2 milhões de pessoas. Na coletiva em que revelou os resultados dos recursos dos municípios, o governador Eduardo Leite (PSDB) informou que o RS conta hoje com 75% mais leitos de UTI do que havia no início da pandemia, são 1.630 contra 933 existentes em março. Na noite dessa segunda, 73,7% estavam ocupados. Além disso, o Piratini fez uma nova mudança no plano de distanciamento controlado: agora o comércio não essencial em locais de bandeira vermelha poderá funcionar nas modalidades drive-thru e pague e leve.

Fonte: MATINAL
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br