Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Afastar-se da média é afastar-se da humanidade; a grandeza da alma humana consiste em saber manter-se ali.
Pascal, Pensés, I,9,17
18/02/2020

'Espero que esta semana nasça essa criança aí', diz Bolsonaro sobre a reforma administrativa

Presidente se reúne com Paulo Guedes e diz que nova proposta deve ser apresentada a ele nesta terça-feira

André de Souza

BRASÍLIA - A nova versão da proposta da reforma administrativa, que mexe na estrutura do funcionalismo público, deve ser apresentada ao presidente Jair Bolsonaro na terça-feira. Mais cedo, ele se reuniu no Palácio do Planalto com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

PUBLICIDADE

Ads by Teads

Servidores: Elite do funcionalismo, como auditores e delegados, custam 3 vezes mais que a média

- Sempre tem um acerto, um pequeno acerto a mais pra fazer. Amanhã (terça-feira), a previsão é à tarde eu ser apresentado à nova proposta. Espero que esta semana nasça essa criança aí, que tá demorando muito pra nascer. Tá parecendo filhote de elefante, não é dois anos gestação de elefante? - disse Bolsonaro na entrada do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

Pela manhã, Bolsonaro havia dito que espera encaminhar a reforma administrativa "o mais rápido possível" ao Congresso, e que o governo só realizaria os concursos públicos "essenciais". À tarde, ele disse que está na "iminência" de mandar a reforma para o Congresso, e que os atuais servidores não vão ser atingidos.

Projetos: Guedes lista prioridades para aprovar no Congresso em 2020. Veja quais são

Perguntado sobre que carreiras continuariam tendo estabilidade, caso a nova reforma seja aprovada, o presidente disse:

- Não vou responder, não posso responder. Nós vamos ter algumas que serão propostas por nós. E depois o Legislativo pode alterar e propor outras. Grande parte quem faz a reforma, como sempre foi, a palavra final é do Legislativo, ainda mais PEC (proposta de emenda constitucional). Eles promulgam. Decidem, promulgam.

Ana Clara Abraão: 'Governo não pode fraquejar’, diz especialista em contas públicas

Uma PEC, para passar a valer, precisa ser aprovada e promulgada pelo Congresso, não sendo necessária a sanção do presidente da República.

Fonte: O Globo
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br