Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Olhando de longe, tudo é belo.
Tácito
21/11/2019

Câmara lança Agenda para o Desenvolvimento Social

A Câmara dos Deputados lançou, nesta terça-feira (19), a Agenda para o Desenvolvimento Social, conjunto de medidas legislativas baseado em 5 pilares: 1) garantia de renda; 2) inclusão produtiva; 3) rede de proteção ao trabalhador; 4) incentivo à governança responsável; e 5) promoção do acesso à água e ao saneamento. O objetivo é equilibrar as ações de recuperação fiscal do Estado com a necessidade de combater a pobreza e a desigualdade social.

maia agenda social novembro 2019

Nos últimos anos, o número de pessoas em situação de extrema pobreza e de pobreza aumentou. Em 2012, 5,8 milhões encontravam-se em extrema pobreza e 16 milhões em pobreza. Em 2017, esses números subiram para 11,8 milhões e 22,6 milhões, respectivamente.

Leia também:

O que é a ‘agenda social’ que une Rodrigo Maia e Tábata Amaral

Além disso, a concentração de renda se manteve alta e quase inalterada ao longo dos últimos 50 anos. A prioridade da Agenda para o Desenvolvimento Social é promover ação imediata do Estado para frear o impacto da crise econômica nos mais pobres.

Agenda para o Desenvolvimento Social

Entre as ações do primeiro pilar da Agenda para o Desenvolvimento Social estão o aperfeiçoamento e a ampliação do Bolsa Família. Uma das propostas constitucionaliza o programa e assegura o crescimento real, acima da inflação, das transferências de renda a famílias em situação de extrema pobreza e de pobreza.

Dessa forma, o Bolsa Família passa a ser uma política de Estado e não de governo. Trata-se do Projeto de Lei (PL) 6.072/19 assinado por todos os líderes partidários da Câmara. Assim, constitui-se num projeto de lei da Câmara dos Deputados.

Nesse pacote, inclui-se a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 200/19, da deputada Tábata Amaral (PDT-SP), que assegura a garantia de transferência de renda a unidades familiares em situação de pobreza e de extrema pobreza.

Também será apresentado projeto de lei para criar benefício específico para a primeira infância. O foco serão os primeiros 5 anos de vida, fase decisiva para o desenvolvimento cerebral. Esse benefício incluirá 3,2 milhões de crianças.

Inclusão produtiva

O segundo pilar, a inclusão produtiva, visa incorporar os beneficiários dos programas sociais no sistema produtivo, por meio da educação técnica para o mercado de trabalho. Em paralelo a essa diretriz, será fomentada rede de proteção ao trabalhador, que incluirá a criação de fundo de poupança compulsória individual e a modernização do abono salarial.

A Agenda para o Desenvolvimento Social incentivará a governança responsável, por meio da cooperação entre as áreas de educação, saúde e assistência social.

Assim, os gestores públicos poderão equilibrar a responsabilidade fiscal com a social, garantindo recursos financeiros para os períodos de crise. Um dos pilares também trata de uma das dimensões de pobreza mais críticas no Brasil: o abastecimento de água e o saneamento básico, tanto a coleta como o tratamento de esgoto. (Com Agência Câmara)

Fonte: Diap
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br