Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Aquele que já não é teu amigo, nunca o foi realmente.
Aristóteles
12/11/2019

Bolsonaro diz que apresentação da reforma administrativa deve ser adiada mais uma vez

Medidas devem ficar para a próxima semana, afirma presidente

BRASÍLIA - Prevista para ser encaminhada ao Congresso nesta semana, a apresentação da reforma administrativa deve ser adiada mais uma vez, informou o presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira.

— Deve ser adiado para a semana que vem a questão da reforma administrativa — disse o presidente ao chegar nesta noite no Palácio da Alvorada.

PUBLICIDADE

inRead invented by Teads

Pacto federativo: pacote de Guedes distribui R$ 400 bi a estados e municípios em 15 anos

Inicialmente, a proposta de reforma administrativa seria entregue na semana na terça-feira passada junto com o pacote de medidas econômicas, mas acabou ficando de fora.

Reunião com ministros

Bolsonaro reuniu oito de seus ministros, representantes do Judiciário e dos ministérios da Economia e da Defesa na tarde desta segunda-feira para acertar os últimos detalhes da proposta de reforma administrativa.

O encontro aconteceu em uma sala no terceiro andar do Palácio do Planalto, onde fica o gabinete de Bolsonaro. Até o momento, a data em que o projeto exata será apresentado ainda não foi definida. A iniciativa de "arredondar" o texto havia sido transmitida mais cedo aos líderes do governo no Congresso.

Pacote de Guedes : é a maior reforma do Estado em 3 décadas, mas deve ter dificuldade no Congresso

Participaram da reunião os ministros Paulo Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), Wagner Rosário (CGU), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e André Mendonça (AGU).

Os presidentes do Tribunal Superior do Trabalho (TST), João Batista Brito Pereira, e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, também foram convidados, assim como o vice-procurador-geral eleitoral da Procuradoria-Geral da República (PGR), Humberto Jacques. Outro participante da reunião foi o secretário-geral do Ministério da Defesa, Almir Garnier Santos.

PUBLICIDADE

Análise: Novo emprego tem potencial para gerar emprego, mas pode ter fôlego curto

Do Ministério da Economia, foram ao Planalto o secretário especial de Fazenda Nacional, Waldery Rodrigues, e seu adjunto, Esteves Colnago, o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, e seu adjunto, Gleisson Rubin, o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, Wagner Lehnart, o procurador-geral da Fazenda Nacional, José Levi, além de três assessores especiais da pasta --Daniella Marques, Marcelo Siqueira e Rafaelo Abritta.

Promulgação da Previdência

Na última quinta-feira, Bolsonaro tinha dito que a proposta da reforma administrativa seria entregue ao parlamento nesta terça-feira. Na ocasião, ele disse que pediu uma semana a mais para apresentar o projeto para que ele fosse enviado ao Congresso com "a menor quantidade possível de arestas."

A reforma administrativa prevê uma reestruturação do serviço público com redução do número de cargos auxiliares e intermediários . Além disso, a proposta elaborada pelo governo também procura diminuir a quantidade de cargos e de concursos públicos.

Nesta terça-feira, às 10h, Bolsonaro é esperado no Congreso para a solenidade de promulgação da nova Previdência. Ao ser questionado se estará presente, o presidente justificou que havia acabado feito uma viagem a Campina Grande (Paraíba) e ainda não sabia da agenda do dia seguinte.

Fonte: O Globo
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br