Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O sabio que tudo sabe é aquele que sabe que nada sabe.
Platão
10/10/2019

"Bancos privados estão de olho no FGTS", afirma líder bancário

O Presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, considera que está em curso um processo de desmonte da Caixa e o objetivo viabilizar privatização do banco.

A intenção do governo é que os bancos privados voltem a ter acesso direto às verbas do Fundo para aplicar os recursos, quebrando a exclusividade da Caixa. Para isso, o relator da Medida Provisória 889, que altera as regras para saque do fundo, deputado Hugo Motta (Republicanos-PB), teria aceitado incorporar a mudança no texto da MP, após acordo costurado entre o Palácio do Planalto e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O parecer do relator deverá ser lido em Comissão Mista do Congresso nesta terça-feira (8).

Para Augusto Vasconcelos, Presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, “a estratégia faz parte do desmonte da Caixa com vistas à sua futura privatização. No passado 73 bancos administravam as contas do FGTS, dificultando a gestão e a transparência dos recursos”.

Com a Lei 8.036, de 1990, o FGTS ganhou novas atribuições, passando a administração financeira a ser feita exclusivamente pela Caixa. “Os recursos do FGTS além de serem fundamentais para os trabalhadores, são aplicados em programas de habitação popular, como o Minha Casa Minha Vida, obras de saneamento básico e infraestrutura. Retirar da Caixa a gestão, significa colocar em risco a continuidade desses projetos. Alguém acha que um banco privado que visa apenas o lucro terá interesse em financiar projetos de longo prazo?”, questionou Vasconcelos.

Em março deste ano, o governo editou o decreto nº 9.737/19, que mudou a composição do Conselho Conselho Curador do fundo, afastando a Caixa das decisões.

Em 2018, a Caixa desembolsou R$ 60 bilhões em habitação, e mais de R$ 2 bilhões em saneamento e infraestrutura. Das cidades do país, 98% já foram beneficiadas com seus recursos.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia

 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br