Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Aquele que já não é teu amigo, nunca o foi realmente.
Aristóteles
04/09/2019

Subprocurador critica colegas da "lava jato" que reclamaram do Supremo

Por Gabriela Coelho

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça: 0:00

01:28AudimaAbrir menu de opções do player Audima.

No final da sessão da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal desta terça-feira (3/9), o subprocurador-geral da República Antônio Carlos Bigonha pediu desculpas por causa das críticas feitas pelos procuradores da "lava jato" aos ministros. Eles atacaram a decisão que anulou a condenação de Aldemir Bendine. Na sessão anterior, a 2ª Turma definiu que réus delatados devem ser ouvidos depois dos réus delatores, criando um precedente sobre as delações premiadas.

A nota, assinada pela força-tarefa, mas sem citar nenhum dos procuradores, dizia que eles viram "com imensa preocupação" a decisão da 2ª Turma. "Não cabe aos procuradores que oficiam perante os órgãos de 1º grau fazer juízo de valor sobre o julgamentos deste STF", disse Bigonha, nesta terça.

"Quero deixar registrado que não comungo das críticas feitas na aludida nota pública ou em outras declarações prestadas pelos membros da lava-jato à imprensa. Conviver com a frustração faz parte do amadurecimento pessoal e profissional", concluiu o procurador.

Na sessão, a ministra Cármen Lúcia afirmou que a manifestação vai constar de ata e será levada ao conhecimento do presidente da corte, ministro Dias Toffoli para averiguar a situação.

Gabriela Coelho é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Fonte: Conjur
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br