Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Quanto mais corrupto for o país, mais leis ele terá
Tácito
26/07/2019

Brasil criou 48,4 mil vagas com carteira assinada em junho

Melhor resultado no mês desde 2013

Dados são do Ministério da Economia

Foram divulgados nesta 5ª feira (25.jul)

O Caged mede a criação de empregos formais na economia brasileira Sérgio Lima/Poder360

GABRIEL PONTE

25.jul.2019 (quinta-feira) - 10h27

atualizado: 26.jul.2019 (sexta-feira) - 7h30

O país abriu 48.436 vagas de trabalho com carteira assinada em junho. Foi o melhor resultado para o mês desde 2013, quando foram criadas 123.836 vagas formais de emprego.

As informações do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) foram divulgadas pela secretaria especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia nesta 5ª feira (25.jul.2019).

Receba a newsletter do Poder360

todos os dias no seu e-mail

seu e-mail

O saldo do mês é resultado de 1.248.106 contratações no período contra 1.199.670 demissões. Em 2018, o país criou 529.554 vagas de emprego formal, após 3 anos de queda.

SEMESTRE

No acumulado dos 6 primeiros meses do ano, foram criadas 408,5 mil vagas. No consolidado do semestre, é o melhor dado desde o 1º semestre de 2014.

De janeiro a junho de 2018, para efeitos de comparação, foram criados 392.461 empregos.

SALDO POR SETOR

O resultado de junho foi puxado pelo setor de serviços, responsável por 23.020 vagas. De acordo com os dados do Caged, 6 das 8 atividades analisadas registraram saldo positivo em junho:

serviços: 23.020

agropecuária: 22.702

construção civil: 13.136

serviços industriais de utilidade pública: 2.525

extrativa mineral: 565

administração pública: 483

comércio: -3.007

indústria de transformação: -10.988

RESULTADO POR REGIÃO

No recorte geográfico, apenas a região Sul apresentou resultado negativo em junho.

Sudeste: 31.054

Centro-Oeste: 10.952

Nordeste: 5.412

Norte: 4.002

Sul: -2.714

TRABALHO INTERMITENTE E PARCIAL

Em junho, foram registradas 15.520 admissões e 5.343 desligamentos no chamado trabalho intermitente. O saldo ficou em 10.177. No mesmo período do ano passado, foram criadas 3.587 vagas nessa modalidade.

As principais ocupações foram:

Vigilante: 3.125

Porteiro de edifícios: 768

Recepcionista, em geral: 721

Bombeiro civil: 384

Assistente de vendas: 264

Criada por meio da reforma trabalhista, a modalidade permite jornada em dias alternados ou por horas determinadas.

Na modalidade de trabalho parcial, foram 5.922 admissões e 4.495 desligamentos. O saldo, portanto, foi de 1.427 vagas. O regime permite jornadas de até 26 horas semanais mais 6 horas extras ou 30 horas semanais. Em junho de 2018, foram criados 1.081 vagas nessa modalidade.

As principais ocupações foram:

Repositor de mercadoria: 290

Operador de caixa: 173

Expedidor de mercadorias: 131

Vendedor de comércio varejista: 111

Faxineiro: 107

SALÁRIO MÉDIO

O salário médio de admissão no mês passado foi de R$ 1.606,62, aumento real (já descontada a inflação) de 1,42% em relação ao mesmo mês do ano anterior. O salário médio de desligamento foi de R$ 1.766,67, redução real de 1,4% nessa base de comparação.

 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br