Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Nossos pensamentos, conforme forem bons ou maus, podem nos conduzir ao paraíso ou ao inferno; isso não acontece nem no céu nem embaixo da terra, mas aqui, nessa vida.
Lucy Malory
18/10/2018

“Degradação e Resgate do Direito do Trabalho”

“Degradação e Resgate do Direito do Trabalho” – novo livro de Tarso Genro e Rogério Coelho sobre as consequências da Reforma Trabalhista

Em vigor desde 11 de novembro de 2017, a chamada Reforma Trabalhista segue sendo alvo de muitas incertezas e contestações. Além de não dinamizar a economia como prometiam seus defensores, a lei aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer, desestrutura e desequilibra o mercado de trabalho e prejudica a atuação dos sindicatos. No livro “Degradação e Resgate do Direito do Trabalho – contributos para uma doutrina constitucional de defesa de direitos” a CSPM Advogados Associados aponta problemas e inconstitucionalidades da legislação. Os artigos que compõem a obra são fruto de intensa discussão e estudo sobre as alterações introduzidas pela Lei n°13.467/2017, sugerindo alternativas de resistência com base na aplicação dos princípios constitucionais.

No prefácio, a Desembargadora do Trabalho e professora na UFRJ Sayonara Grillo Coutinho Leonardo da Silva, falou sobre a importância do livro: “prefaciar uma obra organizada por Rogério Coelho e Tarso Genro envolve responsabilidade quase paralisante, afinal, são autores que tenho como leitura obrigatória, e que desde muito cedo aprendi a ler, ouvir e admirar. “O momento histórico que vivemos exige um retorno ao estudo e à reflexão sobre as relações entre política e direito, sobre trabalho e democracia. As tensões entre democracia e capitalismo se ampliam e adquirem forte intensidade na década em curso, em que o projeto de acumulação do capital pós-crise de 2008 se consubstancia com novas estratégias de espoliação e despossessão, que combinam a criação de novos mercados e de novas mercadorias com a financeiros dos mercados. Os agentes econômicos impõem sua agenda de políticas de austeridade, para preservar mecanismos e receitas obtidas com o endividamento crescente dos países, assegurando a remuneração do capital financeirizado que se desloca pelo globo terrestre, pugnando por Reformas Institucionais de Austeridade”.

Além da organização, Tarso Genro e Rogério Coelho também contribuíram com textos. Participam ainda os advogados Guilherme Pacheco Monteiro, Jefferson dos Santos Alves, Pedro Henrique Koeche Cunha e Thiago Mathias Genro Schneider. Outro autor é o advogado Marco Aurélio Pereira da Silva, com o artigo “Reforma contra a Constituição”. No texto, Pereira aponta que “mais que mudar a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a “reforma” promovida pela Lei n° 13.467/2017 buscou mudar o próprio Direito do Trabalho, substituindo sua alma, que é o princípio protetivo – traduzido na superioridade jurídica dada ao trabalhador para compensar sua inferioridade econômica – pelo princípio da autonomia da vontade, em um regresso à teoria contratual clássica do século XIX.

Livro: Degradação e Resgate do Direito do Trabalho – contributos para uma doutrina constitucional de defesa de direitos.

Editora: LTR http://www.ltreditora.com.br/

Mais informações: comunicacaocspm@gmail.com e www.cspm.adv.br

 
+ Clipagem

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br