Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

É claro que meus filhos terão computadores, mas, antes disso, terão livros.
Bill Gates
08/10/2018

Bolsonaro é o candidato 'do sistema', diz sociólogo

Wagner Ribeiro, da USP, diz que apesar do discurso "contra tudo o que está aí", capitão reformado é apoiado por forças tradicionais. Partidos podem implodir com deslegitimação da política

por Redação RBA

Bolsonaro esconde projetos econômicos atrás de discurso moralista e armamentista

São Paulo – O candidato Jair Bolsonaro (PSL) é um político "do sistema", apesar de se apresentar nas eleições 2018 com discurso antissistema. Ele se beneficia do discurso de deslegitimação da classe política, do desmanche das instituições, inclusive a imprensa, e surfa na onda das notícias falsas – fake news – alimentada pelos seus apoiadores. É o que afirma o sociólogo e professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP, Wagner Ribeiro, durante o plantão do Seu Jornal, na TVT, para a cobertura das eleições 2018.

"Bolsonaro é um político antigo. Apesar do discurso antissistema, ele é um cara do sistema, e apoiado por diversas forças do sistema econômico e do sistema político. Mas a mensagem de ser 'contra tudo o que está aí', a gente já ouviu esse tipo de mensagem, mais uma vez parece que vem com muita força." Ribeiro diz que partidos políticos "com menor enraizamento social" correm o risco de serem "implodidos", apesar de muitos terem apostado na estratégia de deslegitimação da classe política.

Sobre as fake news, o sociólogo afirma que, num cenário de descrença nas instituições – poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e também a mídia – os eleitores basearam suas decisões de votos na opinião de pessoas do próprio circulo de convívio. "O familiar, o amigo ou colega de trabalho. Em meio a isso, compartilham muitas informações falsas que fazem estrago na imagem de candidatos."

Pauta do Congresso

Se as pesquisas boca de urna se confirmarem na apuração, e ficar registrado o avanço das "forças do atraso", o assunto principal no Congresso Nacional a partir de 2019, será a "retirada de direitos".

"Essa é a questão fundamental que interessa à elite econômica do Brasil. O objetivo deles, em primeiro lugar, é fazer a reforma da Previdência. Em segundo lugar, terminar de desestruturar os direitos trabalhistas. Por fim, a entrega do patrimônio nacional e o desmantelamento de toda a estrutura estatal que foi construída no pós-guerra", diz o deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP).

Ele diz que os planos econômicos de Bolsonaro ainda são uma "incógnita" para a população, e acredita que no segundo turno, "no debate mano a mano", será possível esclarecer à população sobre as inconsistências do seu projeto. "Esse discurso contra a corrupção, pela liberação dos armamentos, o moralismo, tudo isso esconde a proposta que ele tem para o Brasil."

 
+ Clipagem

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br