Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

A metade da sabedoria humana consiste em "não amar nem odiar"; a outra metade em:" nada dizer, e nada crer".
Schopenhauer
23/04/2018

Ministério do Trabalho suspende demolição do Ginásio da Brigada Militar, em Porto Alegre

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) no Rio Grande do Sul suspendeu nesta sexta-feira (20) a demolição do que restou do Ginásio da Brigada Militar (BM), localizado na esquina das avenidas Ipiranga e Silva Só, em Porto Alegre. A estrutura foi parcialmente destruída durante temporal ocorrido em outubro de 2017.

Fiscais do ministério estiveram no local, no dia 16 de abril, e constataram risco aos trabalhadores e à população, ausência de projeto técnico e irregularidades trabalhistas. Na oportunidade, era feita a limpeza da área e ainda não havia começado a demolição.

A empresa contratada por dispensa de licitação para realizar o serviço, a AMG Construtora, terá 10 dias para apresentar projeto técnico. A SRTE decidiu realizar a fiscalização após saber da demolição em por reportagens de GaúchaZH.

— Trata-se de um paredão que pode gerar risco aos trabalhadores e à população em geral. É preciso saber como essa demolição será realizada — afirma o auditor fiscal e chefe de planejamento da SRTE, Mauro Müller.

Logo após a apresentação do projeto técnico, os fiscais do trabalho decidirão sobre a liberação ou não da demolição do ginásio. Entre as irregularidades trabalhistas encontradas, estão: falta de vestiário, instalações sanitárias, água potável, local para refeições e equipamentos de proteção para os funcionários.

O governo do Estado pretende arrecadar R$ 40,5 milhões com a venda do terreno onde fica o ginásio da BM. A expectativa, antes da suspensão da demolição, era de concluir os trabalhos até o fim de maio.

A BM não foi informada da suspensão da demolição pela empresa e por isso não vai se manifestar. Ninguém da AMG foi encontrado por GaúchaZH — o texto será atualizado se a empresa se manifestar.

 
+ Clipagem

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO NO FACEBOOK - Colegas.A AGITRA INTEGRA INTEGRA ESTA FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO E TEM SEDIADO AS REUNIÕES PREPARA

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br