Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

É preciso que se respeite toda e qualquer pessoa, por mais miserável e ridícula que seja. É preciso que todos se lembrem de que em toda e qualquer pessoa vive o mesmo espírito que vive em cada um de nós.
Schopenhauer
09/02/2018

Planalto mira outubro e começa a rever preço da energia e combustível. Viva as eleições...

Consumidor sente impacto direto

Conversa com Petrobras já começou

No governo Temer, o gás de cozinha, a luz e a gasolina têm subido acima da inflação Arquivo/Agência Brasil

TALES FARIA

09.fev.2018 (sexta-feira) - 6h44

atualizado: 09.fev.2018 (sexta-feira) - 7h25

A alta do preço de energia terá forte impacto sobre a eleição presidencial. Ciente disso, o Planalto articula para que os valores não pesem tanto no bolso e, principalmente, na consciência do eleitor.

Durante o governo de Michel Temer, o gás de cozinha, a luz e a gasolina têm subido acima da taxa geral da inflação. Tais itens têm impacto direto sobre a população de baixa renda.

slash-corrigido

O presidente Michel Temer não quer melindrar o presidente da Petrobras, Pedro Parente. No entanto, já enviou sinais de que gostaria de alguma ajuda.

Parente não ficou insensível. Determinou uma mudança no mecanismo de divulgação dos reajustes de combustíveis.

Após o Carnaval, a estatal passa a anunciar diariamente o preço nominal do litro de gasolina e diesel vendido às refinarias. Não mais as porcentagens de variação. É uma forma de pressionar os postos a diminuir a margem de lucro.

Nesta 6ª o preço da gasolina deverá cair 3%. O diesel, 2,6%. Segundo a estatal, o motivo é a queda no preço internacional do petróleo.

Receba a newsletter do Poder360

todos os dias no seu e-mail

seu e-mail

Já o ministro da Secretaria Geral, Moreira Franco, partiu para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Depois de 1 bate-cabeça, oficializou ontem (8.fev.2018) seu pedido para que o órgão apure suspeitas de formação de cartel por postos e distribuidoras de combustível.

A solicitação foi feita diretamente para o presidente do órgão antitruste, Alexandre Barreto. O encontro não constava na agenda oficial de nenhum dos 2.

VALE-GÁS

O deputado Benito Gama (PTB-BA) é outro congressista aliado ao Planalto que está preocupado com o aumento dos preços da energia perto das eleições: “A solução mais rápida é a volta do vale-gás para a compra de botijões de cozinha. No Nordeste, teria muita influência”.

Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

 
+ Clipagem

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO NO FACEBOOK - Colegas.A AGITRA INTEGRA INTEGRA ESTA FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO E TEM SEDIADO AS REUNIÕES PREPARA

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br