Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

É claro que meus filhos terão computadores, mas, antes disso, terão livros.
Bill Gates
05/02/2018

PTB tenta fugir da crise em torno de Cristiane

A situação da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) vai ser o principal assunto da reunião da bancada do PTB, a ser realizada amanhã, logo após a volta do recesso parlamentar. O clima de descontentamento é grande na sigla e já havia atingido níveis elevados após o polêmico vídeo feito por ela em uma lancha onde aparece cercada de amigos, sem camisas, atacando os críticos de sua nomeação para o Ministério do Trabalho.

Mas chegou ao ponto mais alto no final de semana depois da informação de que a quase ministra se tornou alvo de inquérito que apura suspeitas de tráfico de drogas durante a sua campanha de 2010. Na avaliação de parlamentares do PTB, a pressão pela desistência do nome de Cristiane deve vir de forma coesa, para evitar retaliações do pai da ministra, Roberto Jefferson, que é quem controla o Fundo Eleitoral, fundamental para custear campanhas dos candidatos nas eleições de outubro.

Segundo cálculos da bancada, o PTB tem direito, para as eleições deste ano, a cerca de R$ 75 milhões da verba do fundo, e cada parlamentar poderá receber até R$ 2,5 milhões para arcar com os custos de suas campanhas. Por isso, acreditam que todo o cuidado é pouco na hora de expor a insatisfação com a insistência no nome de Cristiane Brasil. “O Roberto tem o controle totalitário do Fundo Eleitoral, então quem seria louco de maltratar a filha dele abertamente? Só quem não é candidato, porque todos os outros só pensam no dinheiro do fundo”, afirmou um petebista ao jornal O Globo.

A investigação foi enviada na sexta-feira à Procuradoria-Geral da República, em Brasília, porque Cristiane possui foro privilegiado. O inquérito também apura suposto envolvimento no caso do deputado estadual Marcus Vinicius (PTB-RJ), ex-cunhado da parlamentar, e três assessores dela na época. Eles são acusados de dar dinheiro a traficantes de Cavalcanti, bairro pobre da zona norte da cidade e uma das bases eleitorais da deputada.

 
+ Clipagem

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br