Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Ser delicado é prudente, ser indelicado é estupidez. Criar inimigos inutilmente é uma loucura, é como quem põe fogo à própria casa.
Schopenhauer
03/01/2018

Hildergard Angel: Os ricos-ricos se lixam para o Brasil

Para nós, que vivemos na poeira da planície, é por vezes, difícil entender o que se passa nos olimpos do dinheiro.Hildegard Angel, colunista social, conhece bem estes salões e, num artigo em que fala dos deslumbramentos de novo rico de Sérgio Cabral Filho com jóias, diz da diferença entre os ricos-ricos e os que, ao se locupletar, como Cabral, viram porquinhos da ostentação, como outros, a desfilar seus Rolex, carrões, iates, por aqui ou lá fora.

Por Frenando Brito

Quem não chegou a Paris, lambe os beiços com Miami. É um sistema de códigos e de sucesso, do qual a mídia é a maior propagandista e cúmplice.

Destes personagens, o antropólogo Michel Alcoforado escreveu em seu Coisas de Rico:Tempo, Valores e Posição Social:

"(…)os usuários das coisas de rico estão aptos a frequentar os salões por onde também circulam o dinheiro, a influência e o poder. Trata-se de um sistema de pertencimento e exclusão existente em outros grupos. Porém com poder de fogo muito, muito maior: aqui, os caciques usam Rolex e definem os rumos políticos e econômicos da nossa sociedade".

Mas eles são os dependentes – e agentes, econômicos e políticos – dos ricos-ricos, aqueles que descreve o texto da Hildegard, publicado pela Fórum:

"O rico brasileiro de verdade já desistiu do Brasil. Está pouco se lixando se tem gente pobre, vivendo e defecando nas ruas. Não é que ele seja insensível, é que ele não vive aqui. Ele está por aqui. Tem seu apartamento à beira mar, frequenta seu clube, onde joga tênis, convive com seu reduzido círculo de amigos e ponto. Depois, embarca no seu jato para a residência lá fora. O Brasil é para ganhar dinheiro e remeter dinheiro. Este rico não tem mais o embaraço da língua, como alguns ricos de gerações anteriores, pois os filhos e netos já dominam o inglês desde que nascem e sequer conhecem a nossa História. O rico brasileiro é globalizado, não tem brio patriótico, ao contrário, sente bastante preconceito e desprezo em relação ao nosso país, onde lamenta ter nascido. Existem, naturalmente, as raras exceções. Por isso mesmo, louváveis."

Como diz o sempre arguto professor Nílson Lage, “para os brasileiros ricos de verdade, o Brasil é o lugar onde se ganha o dinheiro, não onde se gasta.”

Fonte: Tijolaço
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br