Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Devemos tratar nossos amigos como queremos que eles nos tratem.
Aristóteles
29/12/2017

Nove dias antes de indicação, novo ministro do Trabalho se livrou de inquérito

Nove dias antes de ser indicado para assumir o Ministério do Trabalho, o deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA) se livrou de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). No último dia 19, o ministro Celso de Mello, do STF, determinou o arquivamento de uma investigação contra Fernandes, após manifestação favorável da procuradora-geral, Raquel Dodge. Fernandes era acusado de peculato e abuso de poder econômico na contratação de um funcionário, em cargo comissionado de seu gabinete, cuja finalidade seria a de repassar dinheiro a seu filho, Pedro Lucas Andrade Fernandes Ribeiro. Eleito vereador em São Luís, o filho do deputado ocupa cargo no governo do Maranhão e cogita se candidatar a deputado.

Veja também

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, durante entrevista sobre taxa de desemprego no Brasil

Auditoria da CGU acha irregularidades em serviços de tecnologia no Ministério do Trabalho

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, durante entrevista sobre taxa de desemprego no Brasil

Ronaldo Nogueira pede demissão do Ministério do Trabalho

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, durante entrevista sobre taxa de desemprego no Brasil

Depois de sete meses de alta, país perde 12 mil postos de trabalho em novembro

Ministério do Trabalho rebate MPF e nega improbidade administrativa

— Era uma denúncia sem pé nem cabeça — disse Pedro Fernandes, por telefone.

PUBLICIDADE

Deputado federal por cinco mandatos consecutivos, Fernandes assumirá o ministério no dia 4 de janeiro garantindo a cota de seu partido, o PTB, no primeiro escalão do governo de Michel Temer. A negociação para a substituição de Ronaldo Nogueira (PTB-RS), que deixou a pasta para voltar à Câmara e se preparar para disputar a reeleição, foi rápida: o acordo foi selado pelo deputado Jovair Arantes (PTB-GO) com Temer. Do gabinete presidencial, Jovair telefonou para Fernandes, que aceitou o convite.

— Ontem (quarta-feira), o Jovair me ligou da sala do presidente. Hoje (quinta), o cerimonial me ligou para fazer a lista de convidados para o dia 4, às 14h. Estou em viagem no Maranhão e amanhã vou começar a pensar (no ministério). Hoje falei com o Ronaldo e marquei para conversarmos no dia 3. E ainda vou conversar com a equipe — disse Fernandes, afirmando ainda não ter falado diretamente com Temer. — Me dou muito bem com o presidente.

Integrante da base do governo, Pedro Fernandes votou contra as duas denúncias sobre Temer e foi contrário ao impeachment de Dilma Rousseff. Sem pretensões de disputar nova eleição, o deputado votou contra o fundo eleitoral, aprovado na reforma política.

 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br