Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Mas há de vir o tempo em que os homens terão tanta repulsa pela carne de animais quanto tem agora pela carne humana
A.Lamartine
05/12/2017

Governo aposta que cinco partidos podem fechar questão para votar reforma da Previdência

governo trabalha com a perspectiva de fechamento de questão de pelo menos cinco partidos da base que somam 206 parlamentares para votar a reforma da Previdência. Dois deles - o PP e o PTB - anunciaram essa disposição no jantar de domingo com o presidente Michel Temer. Os outros são PRB, PSDB e o PMDB. Com o fechamento de questão, quem votar contra a decisão da legenda é punido.

Segundo explicou um interlocutor do Planalto, se for punido, o parlamentar ficará sem receber a verba do fundo partidário para fazer a sua campanha em 2018. Para aprovar a proposta, no entanto, são necessários 308 votos - que seriam inteirados por integrantes outras siglas da coalizão governista.

— Se for punido, o parlamentar ficará sem R$ 1 milhão, R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões para fazer a sua campanha eleitoral — explicou uma fonte.

A estratégia é a última cartada do Planalto para aprovar a reforma nesse ano, uma vez que restam praticamente duas semanas para o encerramento do ano legislativo. No fim de semana, Temer chamou os presidentes do partidos e líderes para conversar e prometeu apoio aos parlamentares na campanha eleitoral em 2018. Os fiéis vão poder contar com a liberação de recursos do orçamento da União para obras em seus redutos eleitorais, ainda no primeiro semestre. O governo corre contra o tempo porque os deputados querem ter a segurança de que se reforma for pautada, ela será aprovada.

Segundo interlocutores, o governo estima hoje um universo de 270 deputados, que já se manifestaram favoravelmente à reforma. Mas, sem a certeza de que a proposta passe no plenário da Câmara, os votos caem para 100.

— Os deputados não querem queimar o seu voto e mais do que isso, querem ser compreendidos pela população - disse o líder do DEM, Efraim Filho (BA), acrescentando que o governo precisa intensificar a campanha publicitária da reforma.

Durante o fim de semana, a equipe econômica também entrou em campo para reforçar a importância da reforma na economia. De acordo com números do Ministério do Planejamento, com a aprovação da reforma, o número de desempregados poderá cair dos atuais 12,9 milhões para algo entre oito milhões, nove milhões entre abril e maio de 2018. A taxa Selic, que fechar 2017 em 7%, ao ano, chegará a 8,5% ou mais em dezembro de 2018 se nada for feito. A avaliação é que o cenário macroeconômico pode ajudar na campanha eleitoral, num ano em que a volatilidade sempre aumenta.

 
+ Clipagem

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br