Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Jamais culpe o seu próximo antes de ter estado em seu lugar.
O Talmude
03/10/2017

Centrais debatem plano de lutas e confirmam paralisação em novembro

Reunidos, na sede da Força Sindical, na manhã desta segunda-feira (02), representantes das centrais sindicais (CTB, CUT, UGT, Força Sindical, Nova Central e CSB) e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) discutiram a campanha lançada pelo Dieese e iniciaram organização de nova agenda de luta com um grande ato nacional de paralisação da produção para o próximo dia 10 de novembro.

Representando a CTB, o secretário-geral Wagner Gomes, destacou a complexidade do momento e indicou que "a hora é de resistência, organização e de ampliação de diálogo para a constituição de caminhos que fortaleçam o movimento sindical. Desse modo, apoiar a campanha do Dieese compõe esse processo de construção da luta, especificamente no que toca a orientação do que está em jogo com as reformas".

O dirigente apontou que "a construção de uma nova paralisação nacional a partir daqui deve nortear nossa luta. É preciso conversar e construir isso com todos os setores".

Gomes também ressaltou que "um setor estratégico para a construção das lutas dia 10 de novembro será o setor de Transportes. Vamos procurar a categoria para externar nossa posição e propor a construção de uma grande plenária com todos os modais, de modo a organizar a luta de forma coletiva e ampla".

As centrais também indicaram a produção de uma cartilha para distribuição gratuita nas bases e para a sociedade em geral. "Precisamos alertar sobre os efeitos da reforma trabalhista e sinalizar saídas para a luta em defesa dos direitos da classe trabalhador", concluiu o coletivo.

Resistência de luta

Como agenda de luta, as Centrais já definiram ida a Brasília, dia 08 de novembro, para entregar documento, junto com abaixo-assinado, que pede a revogação da Lei que institui a reforma trabalhista. E no dia 10 de novembro, as centrais orientam todas as suas bases a construir um grande dia nacional de paralisação.

"Vamos trabalhar para repetir o que fizemos no dia 28 de abril. Já sentimos por parte da base toda a disposição para isso. Então, vai ter luta e o movimento sindical não ficará parado diante de tantos ataques", avisou o secretário-geral da CTB.

Agenda

- 08 de novembro: Presidentes das centrais cumprem agenda em Brasília no Congresso Nacional.

- 10 de novembro: Dia Nacional de Paralisação contra a escalada de retirada de direitos.

Fonte: Portal CTB
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br