Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Não existe um grande gênio sem uma pitada de loucura.
Aristóteles
03/10/2017

Centrais debatem plano de lutas e confirmam paralisação em novembro

Reunidos, na sede da Força Sindical, na manhã desta segunda-feira (02), representantes das centrais sindicais (CTB, CUT, UGT, Força Sindical, Nova Central e CSB) e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) discutiram a campanha lançada pelo Dieese e iniciaram organização de nova agenda de luta com um grande ato nacional de paralisação da produção para o próximo dia 10 de novembro.

Representando a CTB, o secretário-geral Wagner Gomes, destacou a complexidade do momento e indicou que "a hora é de resistência, organização e de ampliação de diálogo para a constituição de caminhos que fortaleçam o movimento sindical. Desse modo, apoiar a campanha do Dieese compõe esse processo de construção da luta, especificamente no que toca a orientação do que está em jogo com as reformas".

O dirigente apontou que "a construção de uma nova paralisação nacional a partir daqui deve nortear nossa luta. É preciso conversar e construir isso com todos os setores".

Gomes também ressaltou que "um setor estratégico para a construção das lutas dia 10 de novembro será o setor de Transportes. Vamos procurar a categoria para externar nossa posição e propor a construção de uma grande plenária com todos os modais, de modo a organizar a luta de forma coletiva e ampla".

As centrais também indicaram a produção de uma cartilha para distribuição gratuita nas bases e para a sociedade em geral. "Precisamos alertar sobre os efeitos da reforma trabalhista e sinalizar saídas para a luta em defesa dos direitos da classe trabalhador", concluiu o coletivo.

Resistência de luta

Como agenda de luta, as Centrais já definiram ida a Brasília, dia 08 de novembro, para entregar documento, junto com abaixo-assinado, que pede a revogação da Lei que institui a reforma trabalhista. E no dia 10 de novembro, as centrais orientam todas as suas bases a construir um grande dia nacional de paralisação.

"Vamos trabalhar para repetir o que fizemos no dia 28 de abril. Já sentimos por parte da base toda a disposição para isso. Então, vai ter luta e o movimento sindical não ficará parado diante de tantos ataques", avisou o secretário-geral da CTB.

Agenda

- 08 de novembro: Presidentes das centrais cumprem agenda em Brasília no Congresso Nacional.

- 10 de novembro: Dia Nacional de Paralisação contra a escalada de retirada de direitos.

Fonte: Portal CTB
 
+ Clipagem

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO NO FACEBOOK - Colegas.A AGITRA INTEGRA INTEGRA ESTA FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO E TEM SEDIADO AS REUNIÕES PREPARA

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br