Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Se pela manhã uma pessoa quiser fazer o mal aos outros, o mal retornará a ela ao anoitecer.
Sabedoria Hindu
01/09/2017

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados

A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim redigida:

TCU suspende pagamento de bônus para aposentados e pensionistas; ANFIP reúne assessoria jurídica

Em decisão tomada nesta quarta-feira (30) o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Benjamin Zymler determinou a suspensão do pagamento do Bônus de Eficiência aos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil e aos Auditores Fiscais do Trabalho aposentados e aos pensionistas. A medida já foi comunicada aos ministérios da Fazenda e do Trabalho e deve durar até que haja a deliberação definitiva do TCU. Os órgãos, assim como o Ministério do Planejamento, serão ouvidos no processo, que teve origem por representação da Secretaria de Fiscalização de Pessoal do Tribunal.

A ANFIP lamenta que o transcorrer de uma das negociações salariais mais difíceis da história da carreira tenha de fato chegado a este ponto, especialmente porque a Entidade fez um esforço concentrado para que a proposta apresentada pelo governo, e posteriormente aprovada pelo Congresso, não tivesse essa formatação: vencimento básico + bônus. A Entidade se posicionou contra essa configuração de pagamento desde sua concepção pois tinha ciência dos efeitos jurídicos que decorreriam da medida, que prejudicaria mais cedo ou mais tarde toda a carreira.

A defesa do subsídio foi enfática, pois para a Entidade a valorização desta forma de remuneração, paga às carreiras típicas de Estado, era essencial para o futuro dos Auditores Fiscais. Prova disso foi a recusa da Associação em assinar a parte remuneratória da negociação, por repudiar as inconstitucionalidades trazidas pela matéria, já que o vencimento básico acrescido do bônus, além de dificultar o acompanhamento pela sociedade dos gastos com servidores, favorecia a desvalorização da própria remuneração e a quebra da paridade.

Como alternativa, a ANFIP apresentou emendas (caso das Emendas 14 e 141) a fim de incorporar ao subsídio os valores que foram apresentados para o bônus (R$ 3 mil), nos mesmos moldes do projeto que havia sido aprovado para os delegados e peritos da Polícia Federal. Para a Entidade, a incorporação dos valores era uma forma de valorizar o subsídio, garantir a paridade e resguardar os Auditores Fiscais de processos como este apresentado pelo TCU.

Os entendimentos divergentes dentro do governo, com a Casa Civil emitindo parecer contrário ao tema, já representavam um sinal de que a implementação do bônus com vencimento básico ocasionaria a desestabilização salarial da carreira. A ANFIP já está reunida com sua assessoria jurídica para definir as medidas legais que serão adotadas para defender os seus associados.

 
+ Notícia

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br