Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Nossos pensamentos, conforme forem bons ou maus, podem nos conduzir ao paraíso ou ao inferno; isso não acontece nem no céu nem embaixo da terra, mas aqui, nessa vida.
Lucy Malory
06/07/2017

Servidores públicos conquistam importante vitória no Congresso

Apesar de todas as manobras do governo federal para barrar a tramitação do Projeto de Lei nº 3.831/2015, que estabelece normas para a negociação coletiva na administração pública direta, autarquias e fundações dos Poderes da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, o projeto foi aprovado na Comissão de Trabalho de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados.

A coordenadora da Secretaria Nacional do Setor Público da Força Sindical, Cristina Helena Gomes, disse que foi dado um importante passo na organização dos servidores públicos em nível federal. “Há anos lutamos pelo total cumprimento da Convenção 151 da OIT – Organização Internacional do Trabalho, que determina, entre outros pontos, o estabelecimento da negociação coletiva no serviço público como item prioritário à democratização da relação entre o ente estatal e seus servidores e empregados, baseado na lealdade e boa-fé da negociação coletiva, como forma de prevenir a instauração de conflitos e tratar os conflitos instaurados”.

Cristina disse ainda o projeto aprovado na CTASP não sofreu alterações na proposta inicial do senador Antônio Anastasia (PSDB/MG), aprovado pelo Senado, portanto, resta apenas a aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça, não sendo necessárias análise e deliberação no plenário da Casa Legislativa, seguindo direto para sanção presidencial.

O projeto foi alvo de manobra do governo para retirada de pauta da comissão e teve pedido de vistas da deputada Soraya Santos (PMDB/RJ), que solicitou uma semana a para análise da matéria. Houve grande articulação dos deputados que fazem parte da CTASP e apoiam a negociação coletiva no serviço público, e após os argumentos de que o projeto já vem sendo debatido há dois anos, a deputada Soraya Santos retirou o pedido de vistas e votou pela aprovação da matéria.

“Tivemos uma conquista importante. Uma das principais reivindicações das entidades que representam os servidores públicos é justamente a instituição da negociação coletiva. Agora, temos de avançar na unidade, na perseverança da luta dos servidores públicos para que possamos avançar ainda mais. E, como enfatizou a deputada Alice Portugal (PCdoB/BA), em meio a atual conjuntura política do País e reformas que visam prejudicar sobremaneira o funcionalismo público, a matéria é uma contraofensiva a todas essas mazelas. É para se comemorar os anos de luta pela sua aprovação”, disse Cristina.

 
+ Clipagem

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

Vladimir Safatle alerta para o fim do emprego - Nunca na história da República o Congresso Nacional votou uma lei tão contrária aos interesses da maioria do povo brasil

FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO NO FACEBOOK - Colegas.A AGITRA INTEGRA INTEGRA ESTA FRENTE EM DEFESA DA DIGNIDADE DO TRABALHO E TEM SEDIADO AS REUNIÕES PREPARA

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br