Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Aquele que já não é teu amigo, nunca o foi realmente.
Aristóteles
04/04/2017

Gilmar Mendes chama Tribunal Superior do Trabalho de 'laboratório do PT'

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também disse o órgão foi aparelhado pelo partido e que conta com simpatizantes da CUT.

Por G1 Vale do Paraíba e região

03/04/2017 18h39 Atualizado há 15 minutos

Ministro Gilmar Mendes participa de encontro empresarial em São José

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse nesta segunda-feira (3) que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) é um 'laboratório do Partido dos Trabalhadores (PT)' e que conta com simpatizantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT). (assista vídeo acima)

Mendes esteve em São José dos Campos a convite do Lide (Grupo de Líderes Empresariais) Vale do Paraíba, onde participou, por volta de 12h30, de um debate com o tema ‘A Justiça e o Desenvolvimento do País’. As perguntas foram feitas por empresários e políticos da região.

Ao falar sobre a composição dos tribunais, o ministro criticou o TST. “O TST foi o laboratório do PT, foi onde deu certo. E o aparelhamento foi exitoso exatamente no âmbito do TST. Hoje, o tribunal é composto por muitos simpatizantes que foram indicados pela CUT. E nós temos um direito do trabalho engessado. O país tem 13 milhões de desempregados e com um sistema inflexível”, afirmou.

Ele disse que o STF faz um escrutínio da vida de seus ministros antes que eles ingressem no órgão, o que não aconteceu no tribunal trabalhista. “A sociedade não fiscalizou o provimento de vagas no sistema do TST”, disse.

De acordo com o TST, o tribunal é composto por 27 ministros (escolhidos entre pessoas com mais de 35 anos e menos de 65 anos), nomeados pelo presidente da República após aprovação pelo Senado.

Cassação

Sobre a cassação da chapa Dilma-Temer, cujas discussões começam nesta terça-feira (4) no TSE, o ministro evitou comentários, mas disse que os processos envolvendo cassação serão analisados com cuidado e que pedidos de vista podem ser realizados.

Em relação a situação de governadores com processos de cassação em andamento, afirmou que a estabilidade dos estados será avaliada nas decisões. “O tribunal vai fazer a avaliação certamente das situações concretas, da gravidade do que se impõe, da possibilidade de impor outra sanções e claro questões outras que possam permear a temática”, disse.

O Sindicato dos Metalúrgicos encabeçou um protesto à visita do ministro em São José. Com carro de som e faixa, militantes se colocaram na porta do evento.

Cerca de 20 pessoas participaram no ato, que criticou a reforma da previdência, o presidente Michel Temer e o próprio Gilmar Mendes.

O TSE e a CUT não comentaram. PT e TST também foram procurados e, até a última atualização desta reportagem, não haviam se pronunciado.

 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br