Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Devemos tratar nossos amigos como queremos que eles nos tratem.
Aristóteles
06/03/2017

Na onda do retrocesso, Câmara desengaveta projeto da terceirização

Nesta sexta-feira (3) o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que vai colocar em votação ainda no mês de março um projeto que regulamenta a terceirização enviado ao Congresso em 1998 e aprovado pelo Senado em 2002, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Se aprovado pelos deputados sem alterações, o texto irá direto à sanção presidencial.

O projeto é uma tentativa de derrubar o texto que está em discussão no Senado, aprovado pela Câmara em 2015 e que, no Senado, está sob a relatoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que fez uma série de mudanças que não agradam o governo e o lobby dos patrões.

Maia e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), articulam para fazer um acordo e acelerar o tramite do projeto que está na Câmara e deixar de lado a proposta relatada por Paim.

A oposição já avisou que vai resistir e irá obstruir a votação. O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) afirmou que a decisão do presidente da Câmara de pautar o projeto é a primeira “fratura” referente às promessas que o deputado fez durante a campanha à reeleição para conquistar votos dos oposicionistas.

O senador Paim também reagiu à proposta. Disse que a oposição poderá recorrer ao Supremo Tribunal Federal se o projeto de 1998 for desengavetado mesmo. “É um absurdo, uma irresponsabilidade total”, disse Paim.

O projeto que Maia quer desengavetar é de 1998 e é considerado pelas centrais sindicais como mais prejudicial aos direitos dos trabalhadores. No entanto, o texto já passou por votações anteriores nas duas Casas legislativas, bastando apenas ser aprovado pelo plenário da Câmara para ir à sanção de Temer.

O objetivo é colocar o projeto em votação até o final de março. Em reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, Maia cogitou sobre a possibilidade de anistia das empresas punidas por terceirizar serviços que, com a aprovação do projeto, seriam legalizados.

Fonte: Vermelho
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br