Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Minha religião é o amor a todos os seres vivos
Leon Tolstoi
23/11/2016

Ministro defende políticas de proteção e seguro ao emprego, em seminário da OIT

Ronaldo Nogueira se pronunciou na abertura do seminário “Promovendo o Emprego: Experiências Exitosas de Políticas Ativas de Mercado de Trabalho”

As iniciativas de promoção do emprego e do trabalho decente no país foram o tema central da fala do ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira na abertura do seminário “Promovendo o Emprego: Experiências Exitosas de Políticas Ativas de Mercado de Trabalho”, nesta terça-feira (22). O evento, promovido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) ocorreu durante todo o dia, em Brasília, e teve como objetivo debater as estratégias brasileiras para o combate ao desemprego e as iniciativas internacionais que podem ser utilizadas como modelo pelo país.

O ministro Ronaldo Nogueira lembrou que o Ministério do Trabalho está tratando, desde maio, junto com entidades representativas de trabalhadores e empregadores, a elaboração de políticas públicas permanentes de emprego decente, que não resolvam apenas os problemas atuais, mas preparem o país para o futuro. “Queremos que o Programa de Proteção ao Emprego seja uma política permanente, e o Seguro-Desemprego, uma excepcionalidade. Que tenhamos uma política muito forte de seguro ao emprego, uma política permanente, uma política de Estado”, afirmou.

Ronaldo lembrou que a solução também passa pela atualização da legislação trabalhista em discussão, que dará mais segurança jurídica aos trabalhadores e empregadores, sem prejuízos aos direitos históricos conquistados. “Não há nenhuma hipótese de comprometermos qualquer direito do trabalhador. Não haverá aumento de jornada de trabalho. Fundo de garantia, 13º, férias, vale- transporte, vale-refeição são direitos consolidados, que não sofrerão ameaças”, reafirmou.

O diretor do escritório da OIT no Brasil, Peter Poschen, lembrou que o Brasil não é o único país enfrentando o desemprego e precisando encontrar soluções para o problema. “Depois da crise econômica mundial de 2008, que ainda continua, o mundo perdeu 60 milhões de empregos nunca recuperados. No Brasil, essa crise chegou com um certo atraso, só em 2015 e 2016, e agora é preciso discutir isso”, avaliou.

Poshen espera que o seminário promovido pela OIT nesta terça-feira ajude o país na busca por soluções. “Nosso objetivo é oferecer ideias de experiência internacionais que ajudem a pensar soluções para a situação brasileira”, afirmou. Participam do evento, técnicos do Ministério do Trabalho e da OIT, além de representantes da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), especialistas da área econômica e pesquisadores sobre emprego do país e do exterior.

 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br