Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Olhando de longe, tudo é belo.
Tácito
08/11/2016

Entidade rebate falso deficit em seminário sobre reforma da Previdência

O vice-presidente de Política de Classe da ANFIP, Floriano Martins de Sá Neto, participou nesta segunda-feira (7), em Brasília, do seminário sobre a "Reforma da Previdência - demografia e força de trabalho, necessidade de financiamento e os impactos para o servidor público”, promovido pela Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor), na Secretaria de Orçamento Federal (SOF).

Na ocasião, especialistas debateram assuntos acerca da proposta de reforma da Previdência Social, tais como sua sustentabilidade, perspectivas e riscos, além da adesão à Fundação da Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp).

Floriano Sá Neto palestrou sobre o tema "Sustentabilidade do Regime Previdenciário”. Para o dirigente, a diferença entre Previdência e Seguridade Social desmistificam a falácia do déficit. Apresentando dados da ANFIP, ele defendeu que “os profissionais devem ter conhecimento dos números e exemplos para saber diferenciar os sistemas e entender o mito do rombo previdenciário”.

O dirigente também destacou que, há anos, a ANFIP produz estudos sobre o assunto periodicamente. “Pressupomos que o debate não vai se encerrar e vamos continuar participando dos compromissos, com base técnica e dados aprofundados, para esclarecer a sociedade da importância da questão”, afirmou.

O representante da Associação ainda repudiou a forma com que o governo quer implantar a reforma, ignorando a disparidade social, que influencia diretamente na expectativa de vida dos trabalhadores e que joga a conta da crise nas mãos dos mais pobres. “A medida é um retrocesso e não considera a situação socioeconômica no Brasil”, pontuou Floriano.

Por fim, o vice-presidente de Política de Classe da ANFIP aponta para os verdadeiros interesses que a medida do governo deve abordar. "A ótica da reforma deve acontecer no custeio, com a revisão da desoneração, no combate sem tréguas à sonegação e com o fim Desvinculação de Receitas da União [DRU]”, concluiu.

Além da ANFIP, participaram do grupo de expositores o economista e especialista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Luiz Henrique de Paiva; o representante da Funpresp, Cícero Dias; e o especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Paulo Kliass.

Fonte: Anfip
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br