Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O que sempre dá ouvidos ao que outras pessoas dizem a seu respeito jamais encontrará paz interior.
Leon Tolstoi
07/10/2015

Dilma: daremos prioridade aos pequenos negócios, que têm grande capacidade

A presidente Dilma Rousseff assinou decreto que beneficia as micro e pequenas empresas em serviços prestados ao governo federal. Pelo decreto, licitações de até R$ 80 mil serão exclusivas para micro e pequenas empresas e nas acima deste valor, este tipo de empresa terá preferência, em caso de empate. Em seu discurso, voltou a reconhecer que o País enfrenta momentos de dificuldade, mas reiterou que este é um momento de travessia. "Estamos atravessando momento em que quanto mais rápido fizermos a travessia, melhor para o Brasil, uma das pontes é simplificar e buscar trabalhar unidos pelo interesse do País", declarou a presidente na cerimônia.

Em sua fala, Dilma aproveitou, ainda, para dar um recado e fazer um apelo ao Congresso, que está prestes a votar os vetos presidenciais, que se forem derrubados, podem gerar um rombo no orçamento de mais de R$ 60 bilhões, ao pedir aos parlamentares que coloquem os interesses do País acima de tudo. "Para mim, um país do tamanho do Brasil, para ser democrático, tem que exercer a democracia e a capacidade de articular. Este país tem que perceber em suas lideranças quando os interesses do país devem ser colocados acima de todos interesses", declarou.

A presidente Dilma defendeu as micro e pequena empresa e salientou que o interesse delas é o mesmo interesse do Brasil e lembrou a capilaridade delas. "Daremos prioridade aos pequenos negócios, que têm grande capacidade", comentou ela, acrescentando que o decreto assinado "busca reconhecer e auxiliar o pequeno empresário". O decreto deixa de exigir ainda legalidade fundiária para as pequenas empresas, sob a alegação que não é possível exigir este tipo de comprovação porque alguns lugares foram ocupados ilegalmente. "Não tem como exigir legalidade fundiária em favelas e lugares mais simples", frisou a presidente.

Em seu discurso, a presidente fez inúmeros elogios ao ex-ministro Guilherme Afif Domingos que deixou o cargo, mas foi convidado por Dilma para assumir a presidência do conselho do Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, em substituição a Luiz Barreto. Dilma, depois de fazer várias referências ao ex-ministro, que teve sua pasta extinta na reforma, a presidente o convidou para ser o coordenador do conselho do programa Bem Mais Simples.

Ao final do seu discurso, ele fez questão de expressar a sua lealdade à petista. "Não importa onde estivermos, nós estaremos juntos", disse Afif durante cerimônia no Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal.

Dilma agradeceu o trabalho do ex-ministro, a quem chamou de "amigo" e classificou como um "batalhador" pela micro e pequena empresa. "Tenho certeza que essa saída

vai representar uma volta por cima", disse.

Fonte: AE
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br