Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O amor é infalivel; não tem erros, pois todos os erros são falta de amor.
William Law
29/07/2015

Reforma do Carf terá efeito imediato na arrecadação, diz secretário da Fazenda

O aumento da eficiência do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), que o governo pretende alcançar com a reforma do órgão, terá efeito imediato na arrecadação, disse nesta terça-feira, 28, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Fabrício Dantas.

Ele acrescentou que o governo está trabalhando para que a cobrança dos débitos tributários de processos indeferidos no Carf seja feita de forma conjunta pela Receita Federal e Procuradoria da Fazenda Nacional. Dantas disse não ser possível estimar o aumento de arrecadação neste ano com a retomada dos julgamentos do conselho.

As primeiras sessões de julgamento do Carf, que estavam suspensas desde a Operação Zelotes, em março, deverão ser marcadas em cerca de 15 dias. De acordo com o secretário, esse prazo é necessário para que os novos conselheiros possam receber processos e conseguir levar pareceres para o julgamento. "Já há número suficiente de conselheiros para que sejam realizadas sessões", declarou.

A expectativa, segundo Dantas, é que, até as primeiras sessões, o Congresso Nacional já tenha aprovado projeto que modifica o orçamento de 2015 para destinar recursos para o pagamento dos conselheiros.

Ainda de acordo com Dantas, a meta do Carf é igualar a quantidade dos processos que entram e os que saem do Conselho. Segundo ele, cerca de 40 mil processos entram por ano na corte. Para o futuro, Dantas afirmou que "espera ultrapassar esse número para diminuir o acervo" de processos. Dantas afirmou que os processos chegam a levar mais de seis anos dentro da corte. O presidente do Carf, Carlos Barreto, afirmou ainda que os prazos serão "significativamente reduzidos".

Prorelit Dantas disse ainda que o governo espera uma adesão muito grande ao Programa de Redução de Litígios Tributários (Prorelit), lançado na semana passada para o pagamento de impostos com o uso de crédito tributário.

Ele ressaltou que, com o aperto na cobrança, diminui a possibilidade de as empresas deixarem de pagar impostos, o que incentiva a adesão ao programa. O governo espera arrecadar R$ 10 bilhões com o Prorelit este ano. Se o valor ficar abaixo desse montante, o governo poderá, inclusive, descontar a arrecadação frustrada da meta de superavit do ano.

Fonte: Agência Estado
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br