Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

A vida dos justos e dos bons é feita mais de renuncias do que de conquistas.
Assis Brasil
05/05/2015

Governo quer diálogo com Congresso para aprovar ajuste fiscal

As medidas de ajuste fiscal que alteram regras de concessão de benefícios trabalhistas e previdenciários propostas pelo governo e que estão em discussão no Congresso Nacional foram tratadas hoje (4) na reunião de coordenação política entre a presidenta Dilma Rousseff, ministros e o vice-presidente da República, Michel Temer. Segundo o ministro da secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, nesta semana o governo vai intensificar o diálogo com o Congresso Nacional para assegurar a aprovação do ajuste.

O ministro disse também que o governo está aberto a sugestões dos parlamentares. "Quando o governo se abre ao diálogo, tem que acatar sugestões. Foi mandada uma proposta, o governo tem avaliado as propostas feitas em cima da original e, naquilo que não descaracteriza os fundamentos do ajuste, o governo está aberto e tem dialogado", disse.

Semanalmente, a presidenta reúne o grupo que integra a coordenação política para discutir os temas de interesse do governo. Hoje, os ministros da área de econômica, Joaquim Levy, da Fazenda, e Nelson Barbosa, do Planejamento, também participaram.

O ministro Edinho Silva também acredita que foi positivo o impacto dos vídeos da presidenta Dilma divulgados nas redes sociais no 1° de maio, Dia do Trabalhador. Pela primeira vez, a presidenta não fez um pronunciamento em cadeia de rádio e TV, preferindo se manifestar por meio das redes. "É uma experiência nova para o governo, para os internautas, e o balanço foi positivo. Vamos intensificar o diálogo não só da presidenta, mas de outros integrantes do governo", disse.

Estiveram também na reunião de coordenação política os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo; da secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, das Cidades, Gilberto Kassab; da Defesa, Jaques Wagner da secretaria-geral, Miguel Rossetto e das Comunicações, Ricardo Berzoini. Agora à tarde, o vice-presidente Michel Temer vai se reunir com líderes de partidos da base aliada do governo e deve tratar das negociações para a aprovação da Medida Provisória 664, que altera normas de pensão, e da Medida Provisória 665, que altera as regras do seguro-desemprego, seguro defeso e abono salarial.

Fonte: AE
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br