Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O que sempre dá ouvidos ao que outras pessoas dizem a seu respeito jamais encontrará paz interior.
Leon Tolstoi
20/03/2015

Folha de S. Paulo diz que capital e trabalho estão contra Dilma

Editorial Folha:

Neste marco agourento, os Sem-Teto de Sao Paulo e empresarios da construcao civil fazem protestos com alguns motivos identicos, assim como trabalhadores demitidos de obras do PAC. Centrais sindicais e empresarios do agrupamento Fiesp-BNDES tambem se associaram em criticas ao ajuste fiscal do governo. A coisa ora esta mais quente na construcao civil.

De qualquer modo, pode-se dizer de modo cinico que a ruina do governo Dilma 1 estimula insuspeitas aliancas entre "capital e trabalho", "povo e burguesia", termos decrepitos que voltaram a conversa nestes dias de extremismos embolorados (precisamos de radicalismos novos).

Passando do geral ao particular, anteontem se confirmou o colapso no emprego na construcao civil. Pelas informacoes do ministerio do Trabalho sobre o mercado formal de trabalho, a construcao e o grande setor da economia que mais demite. O estoque de emprego formal caiu pela primeira vez desde 1999 de um ano para o outro. No conjunto, caiu cerca de 0,5%. Na industria, quase 3%. Na construcao civil, 7,5%.

O clima anda pessimo para o lado da construcao civil, mas a noticia da queda do emprego formal e o ministro do Trabalho ter enfatizado que as empreiteiras demitem por causa dos rolos diversos decorrentes da Lava Jato entornaram o caldo. A Camara Brasileira da Construcao Civil mandou protesto formal ao governo.

A turma ficara ainda mais irada com o fim abrupto e inesperado da desoneracao dos impostos sobre a folha de salarios (contribuicao patronal para o INSS). Vinha de pessimo humor por causa dos atrasos de pagamentos do governo para varias obras, entre elas os trabalhos do Minha Casa, Minha Vida, querido da presidente e um dos poucos subsidios-investimento que vao restar depois do talho do ajuste fiscal.

Dificil dizer de quanto e a pendura, mas muita empresa esta demitindo aos montes simplesmente porque nao tem como pagar salario, dados os atrasos do governo. A baixa no emprego comecara em abril de 2014, mais ficou inequivocamente feia em meados do ano, quando o governo passou a pendurar contas, pois o caixa minguava por causa da queda de receita e do descontrole geral de gastos.

O governo atrasa pagamentos mesmo para obras essenciais do PAC, como as da Ferrovia Oeste Leste, que deve ligar Tocantins ao litoral da Bahia. Ja encrencado por tantas incompetencias do governo, o projeto enguica. O Sindicato dos Trabalhadores da Construcao Pesada da Bahia diz que nesta semana houve mais de mil demissoes, pois as empreiteiras nao teriam recebido da estatal Valec.

Os empresarios da construcao civil de resto contam com o lancamento da ainda enrolada "terceira etapa" do Minha Casa, Minha Vida para amenizar a situacao, reivindicacao alias que tambem motiva os protestos do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto de Sao Paulo, que tem parado ruas por aqui nesta semana.

Enfim, a paradeira geral prejudica setores que vao da incorporacao imobiliaria a construcao civil. Consumidores devolvem apartamentos comprados na planta, ha muita loja as moscas em shoppings novos e o volume de obras pesadas diminuira de modo triste, pois o ajuste das contas do governo, na falta de opcao, vai recair sobre o investimento.

Fonte: Folha de S. Paulo Online
 
+ Clipagem

Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho - Sem dados de IBGE, Caged e seguro-desemprego, país pode ficar sem saber dano do coronavírusFernanda Brigatti

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br