Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

As instituições humanas são, por sua natureza, tão imperfeitas, que, para destruí-las, basta, quase sempre, levá-las às últimas consequências.
Tocqueville. Penseés detacheés
04/03/2015

Congresso não deve votar veto do IR esta semana

Integrantes do Palácio do Planalto trabalham com a possibilidade de o veto da presidente Dilma ao reajuste de 6,5% na tabela do Imposto de Renda não ser votado na sessão desta terça-feira, 3, no Congresso Nacional. Segundo o Broadcast Político, serviço em tempo real da Agência Estado, apurou, a expectativa da equipe do governo é ganhar mais tempo e discutir a tabela na próxima semana, com a participação de lideranças da base aliada, que também deverão apresentar sugestões sobre o tema.

Esse entendimento deve ser passado por representantes do Executivo na reunião de líderes da base aliada que ocorre neste momento no Palácio do Planalto. A discussão sobre o veto feito na tabela do IR tem dividido até o próprio PT, partido da presidente Dilma. Na última quinta-feira, 26, o presidente nacional da legenda, Rui Falcão, defendeu que o veto fosse "reconsiderado". Em dezembro do ano passado, o Congresso aprovou, com ajuda do PT, o reajuste de 6,5% na tabela do IR, mas a mudança foi vetada pela presidente, que defende um porcentual de no máximo 4,5%.

Na sessão desta terça-feira, 3, do Congresso, marcada para às 19h, consta como primeiro item o projeto de resolução que altera o procedimento de apreciação dos vetos presidenciais.

Na sequência, estão quatro vetos da presidente Dilma que tratam, respectivamente, sobre a jornada de trabalho do psicólogo; critérios de indexação dos contratos de refinanciamento da dívida celebrados entre a União, Estados, o Distrito Federal e municípios; destinação de veículos de transporte coletivo de passageiros objeto de pena de perdimento; e a organização da Seguridade Social, para reduzir a contribuição social do empregador e do empregado doméstico.

O último item da pauta é o projeto que estima a receita e fixa a despesa da União para o exercício financeiro de 2015.

Fonte: AE
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br