Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Assim como a abelha colhe o mel de diferentes flores, o homem sábio aceita a essência das diferentes escrituras e vê somente o bem em todas as religiões.
Srimad Bhagavatam
23/04/2014

PGR Contra agreve de policiais

Em um comportamento pouco comum aos últimos procuradores-gerais da República, inclusive ele próprio, Rodrigo Janot tomou as rédeas para explicar aos colegas de instituição a atuação do Ministério Público Federal na greve da Polícia Militar da Bahia. Líder dos manifestantes, o vereador da capital baiana Marcos Prisco (PSDB) foi preso e enquadrado na Lei de Segurança Nacional. No texto, enviado apenas para procuradores regionais e da República, Janot pede trabalho coordenado e a valorização da unidade de ação, apesar do respeito à independência funcional da carreira. Pede ainda que os colegas estejam atentos para "evitar que a violação do Estado Democrático de Direito e do direito fundamental à segurança pública ocorra em outras unidades da Federação".

No documento, o procurador-geral da República explica que se reuniu com representantes do Ministério da Justiça e telefonou para o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT); o secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa; e o procurador-geral de Justiça, Márcio José Cordeiro Fahel. Janot relata ainda o contato com o desembargador de plantão no TRF-1 para sensibilizá-lo sobre a necessidade de uma medida urgente contra a greve. "Afinal, para além das questões jurídicas de competência, tratava-se da preservação da liberdade dos cidadãos e de vidas humanas". Sob o argumento que o assunto era estadual, a Justiça Federal de primeira instância da Bahia havia rejeitado a ação do MPF, na qual eram pedidos a declaração de ilegalidade da greve, a dissolução das associações envolvidas e o bloqueio de bens delas e de seus líderes.

Equipe unida

Dentro da PGR, Rodrigo Janot mobilizou seu gabinete e mandou a Secretaria de Segurança Institucional garantir as condições de trabalho dos procuradores que atuam em Salvador.

Os desdobramentos do caso estão sendo tratados diretamente por um gabinete de crise.

Fonte: Brasil Econômico - 23/04/2014
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br