Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O sabio que tudo sabe é aquele que sabe que nada sabe.
Platão
07/03/2014

Opinião - Petrobras mergulhada em escândalos e suspeitas

Roberto Freire

Entra ano, sai ano, mais um carnaval chega ao fim, mas a folia das ruas não é capaz de fazer os brasileiros se esquecerem dos desmandos do governo de Dilma Rousseff. O escândalo da vez atinge novamente a Petrobras, alvo de denúncias de pagamento de propina em um esquema que movimentou mais de US$ 250 milhões e envolveu a empresa holandesa SBM Offshore, a maior fabricante de plataformas marítimas de exploração de petróleo do mundo. Segundo a revista "Veja", funcionários e intermediários da Petrobras teriam recebido ao menos US$ 30 milhões.

As operações seriam comandadas por um dos mais influentes lobistas do setor, que assinava os contratos de consultoria com a SBM nos quais se previa o pagamento de uma "comissão" de 3% do valor dos acordos (1% ao próprio empresário e 2% a diretores da Petrobras). A investigação aponta que uma troca de e-mails entre três diretores da empresa holandesa faz referência a uma suposta reunião com um engenheiro-chefe da Petrobras, para que se tratasse da renovação do aluguel de uma plataforma de petróleo sem licitação.

Este não é o primeiro escândalo que atinge a estatal nos governos petistas. Em 2006, a companhia comprou por nada menos que USS 360 milhões 50% de uma pequena refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, que não tinha condições de processar o petróleo extraído na costa brasileira. Um ano antes, a mesma empresa havia sido adquirida pela belga Astra Oil por USS 42,5 milhões - o que significa que houve uma valorização inexplicável de 1.500% em apenas 12 meses. Após uma disputa judicial com os belgas, a Petrobras foi derrotada e teve de pagar mais USS 839 milhões pela outra metade da refinaria americana, acumulando um prejuízo de mais de USS 1 bilhão.

Patrimônio de todos os brasileiros, a Petrobras não pode continuar sendo dilapidada, como tem acontecido desde aquela que já é reconhecida como gestão temerária do petista José Sérgio Gabrielli. É fundamental que o Congresso aprove a criação de uma comissão externa ou mesmo de uma CPI para investigar o novo escândalo. Desta vez, apesar da pressão governista para que a iniciativa não prospere, é provável que a comissão seja instalada, pois o PMDB e outros partidos da base aliada, em conflito aberto com o governo Dilma, estão muito propensos a votar favoravelmente às investigações.

Algumas pessoas se dizem preocupadas com os eventuais danos à imagem do Brasil que podem ser causados por algumas camisetas sobre a Copa do Mundo, confeccionadas por uma fornecedora alemã de material esportivo, com imagens de mulheres de biquíni. É evidente que se trata de uma hipocrisia sem tamanho, pois não é nada muito diferente daquilo que todos estamos acostumados a ver diariamente em nossas praias. Devemos nos preocupar, isso sim, é com o incalculável prejuízo que escândalos em série em nossa principal empresa certamente trazem à reputação do pais.

Propinas, compra suspeita de refinaria, perda em valor de mercado, atraso no pagamento a fornecedores, dívidas fiscais milionárias, entre outras proezas que só um governo incompetente é capaz de produzir, transformaram a Petrobras em um dos maiores símbolos de um momento sombrio de nossa história. A mais importante empresa brasileira mergulhou 8 mil metros abaixo do nível do mar em busca do pré-sal. Mas, sob comando do PT, afundou mesmo é nas profundezas da corrupção.

A mais Petrobras mergulhou 8 mil metros abaixo do nível do mar em busca do pré-sal. Mas, sob comando do PT, afundou mesmo é nas profundezas da corrupção.

ROBERTO FREIRE - Deputado federal por São Paulo e presidente nacional do PPS

Fonte: Brasil Econômico - 07/03/2014
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br