Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Assim como a abelha colhe o mel de diferentes flores, o homem sábio aceita a essência das diferentes escrituras e vê somente o bem em todas as religiões.
Srimad Bhagavatam
17/01/2014

MPF denuncia desvios no Ministério do Trabalho

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo denunciou à Justiça Federal 14 pessoas acusadas de desviar dinheiro de dois convênios do Ministério do Trabalho. O grupo foi descoberto em setembro de 2013 na operação Pronto Emprego, da Polícia Federal.

Entre os denunciados está um assessor da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trabalho, que segundo o MPF recebeu propina e foi acusado de corrupção passiva, tráfico de influência e advocacia administrativa. O MPF denunciou a presidente e seis funcionários do Ceat, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público que atua intermediando mão de obra do sistema público federal de empregos e tem unidades de atendimento no Rio de Janeiro e em São Paulo.

De acordo com o MPF, a organização recebeu, de 2009 a 2013, R$ 47 milhões para implantar, manter e operar centros públicos de emprego e renda, prestando serviços como qualificação profissional e colocação de trabalhadores em atividades produtivas. Segundo clientes, funcionários e empresas particulares que têm parcerias com a entidade, o Ceat não oferecia todos os serviços que alegava dispor ? como cursos de capacitação profissional ?, funcionando só como intermediador de currículos, o que não justificaria o repasse de quantia tão alta por parte do poder público. Na opinião do procurador da República Anderson Vagner Gois dos Santos, as empresas contratadas pela Ceat não executavam parte ou a totalidade dos contratos, em um esquema deliberado de desvio de recursos públicos e lavagem de ativos.

O MPF detectou, nos contratos firmados pelo Ceat, vínculos pessoais entre os responsáveis pelas entidades envolvidas, favorecimento às empresas contratadas e superfaturamento.

Fonte: AE
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br