Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O amor é infalivel; não tem erros, pois todos os erros são falta de amor.
William Law
16/01/2014

Dilma diz que não há decisão sobre reforma

A presidente Dilma Rousseff pediu nesta quarta-feira, 15, ao vice-presidente Michel Temer e ao presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), que acalmem o PMDB, pois ainda não tomou qualquer decisão quanto à reforma ministerial. Ela disse a ambos que só terá uma definição sobre o ministério depois do dia 29. Com isso, sinalizou um possível recuo quanto à posição de não dar nenhuma nova pasta ao partido.

A conversa precedeu o encontro da cúpula do PMDB, no qual o partido iria discutir o sinal que Dilma deu na segunda-feira, 13, a Temer de que a sigla não ganharia nenhum novo ministério na reforma. Integrantes do partido ameaçaram promover uma rebelião.

Mas ao chegar para o encontro no Palácio Jaburu - residência oficial da Vice-Presidência -, o presidente em exercício do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disse que o partido "não está colocando a faca no pescoço" de Dilma nas discussões sobre a ampliação do espaço da sigla na reforma ministerial. "O PMDB não está colocando a faca no pescoço da presidente neste momento em que o Brasil precisa de unidade, não de crise política." O senador peemedebista ressaltou que a decisão sobre a reforma é de Dilma, mas o partido tem tamanho para aumentar sua participação na Esplanada.

Dilma quer acelerar a reforma ministerial e, após a conversa considerada "difícil" com Temer na segunda-feira, começou a fazer a triagem no PT. Para a vaga do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, a presidente pretende escalar o empresário Josué Gomes da Silva, da Coteminas. Filho do ex-vice-presidente José Alencar, morto em 2011, Josué se filiou recentemente ao PMDB. É também considerado uma espécie de "curinga" para a eleição em Minas, na chapa de Pimentel. O PMDB, porém, já avisou que a eventual nomeação de Josué será contabilizada na cota pessoal de Dilma, e não na do partido, que hoje controla cinco ministérios (Minas e Energia, Previdência, Agricultura, Aviação Civil e Turismo).

A mudança abriria caminho para o Ministério do Turismo, comandado pelo PMDB, ser oferecido ao PTB. Antes da reunião no Jaburu, Temer e Renan conversaram a sós com Dilma. O presidente do Senado avisou que a situação estava "muito tensa" porque o partido se sentia "desprestigiado". Após a reunião, Raupp reiterou que o clima no partido melhorou em relação ao governo. "Não vamos pressionar a presidente Dilma", afirmou. "O tempo da reforma ministerial é dela."

Saúde

Distante da solução "caseira" nas trocas do primeiro escalão, o secretário da Saúde de São Bernardo, Arthur Chioro (PT), passou a ser o favorito para a cadeira do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que deixará o cargo em fevereiro para concorrer ao governo de São Paulo.

Dilma conversou nesta terça-feira, 14, sobre o assunto com o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, chamado às pressas ao Palácio do Planalto. Aprovada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a indicação está sob análise da presidente.

Fonte: Jornal de Brasília - 16/01/2014
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br