Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O bom texto não é escrito, é reescrito
Ovídio
09/01/2014

Demissão sem FGTS

Em novo golpe contra trabalhadores terceirizados, a empresa baiana Delta Locação de Serviços e Empreendimentos deixa mais de 850 pessoas ? com salários entre R$ 780 e R$ 1.650 ? sem receber o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Outra vez, a trapalhada acontece na Esplanada dos Ministérios, na sede do Ministério da Fazenda, em Brasília. Uma parte desses trabalhadores foi demitida em junho e outra, em setembro. A Delta, porém, ainda não enviou os documentos para a homologação do sindicato da categoria ? que deveria ter ocorrido em 10 dias ? e o consequente resgate do dinheiro na Caixa.

O servidor Bruno Hebert, fiscal de contratos do MF, contou que a pasta já depositou a quantia, no total de R$ 1,2 milhão, mas, sem a documentação, os recursos não são liberados nos terminais do banco. O Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Trabalho Temporário, Prestação e Serviços Terceirizáveis no Distrito Federal (Sindiserviços) entrou com uma ação no Tribunal Regional do Trabalho, no fim de 2013, para preservar o direito dos terceirizados e aguarda o térmico do recesso judiciário, contou o assessor jurídico, Geogerte Alves. Procurada, a empresa informou, por meio de uma funcionária identificada apenas como Rute, que todos os arquivos estarão em ordem até a próxima sexta-feira.

A Delta abandonou o contrato com o Ministério da Fazenda em 13 de agosto de 2013. À época, foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para permitir a extinção de 220 postos de assistentes administrativos e de apoio. Após a assinatura do documento, a pasta contava apenas que teria de arcar com 632 profissionais. Mas a empresa não cumpriu o acordo nem liberou o FGTS dos trabalhadores. O fato só foi descoberto depois que os empregados denunciaram publicamente a burla.

Fonte: Correio Braziliense - 09/01/2014
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br