Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

O amor é infalivel; não tem erros, pois todos os erros são falta de amor.
William Law
06/01/2014

Mais de 100 empregadores são incluídos na Lista Suja do Trabalho Escravo

A atualização semestral da Lista Suja do Trabalho Escravo foi divulgada no dia 30 de dezembro pelo Ministério do Trabalho e Emprego ? MTE com a inclusão de 110 empregadores e exclusão de 17. A lista é composta por 579 nomes, entre eles, empresas da construção civil e do ramo de confecções flagradas pelos Auditores-Fiscais do Trabalho praticando trabalho escravo urbano.

A maioria dos empregadores que está no cadastro é do Pará, o equivalente a 26,08%. O Estado é, historicamente, o campeão no número de resgates de trabalhadores da escravidão contemporânea nos últimos 15 anos principalmente nos setores da pecuária, produção de madeira e em carvoarias. Em seguida vem o Mato Grosso (11,23%), Goiás (8,46%) e Minas Gerais (8,12%).

Na Lista Suja, que também é mantida pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, estão os nomes dos empregadores que receberam autos de infração, lavrados pelos Auditores-Fiscais do Trabalho, durante as operações do Grupo Especial Móvel de Fiscalização. Os cadastrados podem ser excluídos após regularizarem a situação.

Os que compõem a Lista ficam impedidos de receber financiamentos de instituições bancárias públicas. As empresas que integram o Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo também não realizam transações comerciais com as empresas que estão no cadastro.

Os que compõem a Lista ficam impedidos de receber financiamentos de instituições bancárias públicas. As empresas que integram o Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo também não realizam transações comerciais com as empresas que estão no cadastro.

De acordo com o Auditor-Fiscal do Trabalho Renato Bignami (SP), ouvido pela ONG Repórter Brasil, a tendência é que número de empresas que praticam trabalho análogo a escravo nas áreas urbanas, como acontece em São Paulo nas oficinas de costura, esteja cada vez mais presente na Lista Suja. Empresas da construção civil também foram incluídas nesta última atualização.

A Repórter Brasil destacou o caso das grifes 775 e Talita Kume, de São Paulo, incluídas na Lista, por oficinas terceirizadas terem sido flagradas pelos Auditores-Fiscais do Trabalho submetendo trabalhadores estrangeiros a condições análogas à escravidão. Nos locais, não havia alojamento adequado, segurança nas instalações elétricas, entre outros problemas. Os empregados sofriam constantes ameaças e tinham que cumprir jornadas excessivas para ganhar menos de R$ 10 reais por peça produzida.

A Lista Suja é um dos instrumentos para combater o trabalho escravo e foi idealizada por Auditores-Fiscais do Trabalho que perceberam, durante as ações fiscais, que as propriedades flagradas recebiam financiamentos públicos. O aumento no número de cadastrados se deve principalmente à atuação da Inspeção do Trabalho, que mesmo diante de dificuldades como o número insuficiente no quadro efetivo, cumpre o seu papel pela dignidade e respeito ao trabalhador brasileiro.

Confira quem entrou e quem saiu da ?lista suja? nesta atualização semestral:

Inclusões:

Empregador CNPJ/CPF

Alcap Empreiteira Ltda 01.519.235/0001-57

Alex Faria Costa 071.740.096-46

Alonso Souza da Rocha 011.216.002-63

Aloysio Santos Erthal 092.802.607-82

Alrino Pereira da Rocha 515.680.711-91

Altino Cândido Pereira 040.979.316-79

Alvir Ferreira de Mello 310.889.109-04

Ângelo Augusto da Silva 734.781.806-00

Antônio Carlos Lima 618.190.851-04

Antônio Carlos Pereira 377.262.002-78

Antônio Erisvaldo Sousa Silva 848.437.303-78

Antônio Evaldo de Macedo 056.439.963-91

Antônio Pereira Vieira 619.369.957-00

Aparecido Albergoni 279.168.808-06

Belmiro Catelan 162.911.150-34

Berquó Brom Advogados Sociedade Civil e Outros 01.207.512/0001-96

Carlos Gilberto de Oliveira Barreto 061.129.601-25

Carlos Rodrigues Oliveira 590.075.832-04

Carvoeira Carvão Nativo Ltda 14.227.279/0001-55

Casamassima Indústria e Comércio Ltda 86.390.234/0001-08

Cícero Araújo Lins 145.963.184-68

Cláudio Roberto Martin 046.893.649-15

Cledemilton Araújo Silva 394.260.502-30

Confecções Talita Kume Ltda 06.103.904/0001-29

Construtora Croma Ltda 62.601.000/0001-02

Dario Pereira Ruis 145.922.902-91

Dilma Figueredo da Silva 06.005.121/0001-02

Dirceu do Carmo Baptistella 528.035.547-04

Divino Carlos Gomes 120.713.742-15

Ecotrat Tratamento de Madeiras Ltda 08.438.981/0001-65

Edésio Severiano Vieira 339.990.315-49

Eliza Maria Dantas Bortolusso Rodrigues & Cia Ltda 14.056.591/0001-23

Elizeu Martinez Júnior 590.087.763-91

Embraforte Segurança e Transporte de Valores Ltda. 05.444.648/0001-70

Eurípedes José Goulart 196.271.221-49

Fergubel ? Ferro Gusa Bela Vista Ltda 06.368.447/0001-02

Fernando Ferreira Moraes 608.145.002-34

Flora Viveiro e Reflorestamento Ltda 86.989.712/0001-09

Francisco Alves do Nascimento 087.341.352-00

Francisco das Chagas Pedroza 015.328.202-91

Gilberto Andrade 032.316.072-72

Guido José Rehder Junior 310.179.948-11

Guy de Ferran Correa da Costa 919.349.587-00

Indústria e Comércio de Pedras Rola Ltda 32.343.816/0001-04

JAP I Empreendimentos e Participações Ltda 13.291.556/0001-26

João Bertin Filho 711.616.358-15

João de Oliveira Guimarães Neto 005.717.148-38

Jomar Antônio de Mesquita Teixeira 301.305.067-53

Jorcelino Tiago de Queiroz 974.443.328-00

Jorge Luiz da Silva Costa 206.952.413-20

José Ardson Firmiano da Silva 344.314.113-72

José Carlos Izidoro de Souza 735.116.508-44

José de Alencar Queiroz Menezes 044.989.088-05

José Firmino da Costa Neto 731.725.963-20

José Lopes 009.150.172-53

José Lopes Junior 683.958.842-49

José Soares Cordeiro 041.927.536-34

Jovino Luiz Ferri 316.638.772-20

Kelma da Silva Ribeiro 775.775.312-00

Kevio Romênio Monterio da Silva 056.675.827-08

Laginha Agro Industrial S/A 12.274.379/0001-07

Laurinho Caetano da Silva 066.012.192-15

Luiz Augusto Rebouças 238.102.549-91

Luiz Pedro Serafin 246.364.369-20

Madeireira Ipiranga Ltda 79.537.932/0001-28

Magnon Coelho de Carvalho 160.224.086-87

Manoel Ernesto Lima Alvim Soares Filho 024.194.134-23

Manoel Trigueiro dos Santos Filho 840.302.754-00

Manuel Gomes Xavier 545.186.794-15

Marco Antônio Lima e Arantes 554.787.356-04

Mário Biernaski 356.145.289-20

Milton Martins da Costa 129.420.657-53

Moacir Murilo Fernandes 480.665.679-87

Newton Oliveira 025.135.951-49

Nilson Erwino Lottermann 280.547.681-68

Onofre Marques de Melo 050.043.141-87

Organização Verdemar Ltda 65.124.307/0001-40

Orlando Barbosa de Souza 040.704.616-04

Oscar Antônio Rossato 208.997.420-68

Osmar Antônio Daghetti 928.751.061-04

Osmar Ramos Gomes 385.737.501-97

Osvaldo Marcelino de Mendonça 008.592.656-68

Parecis Energia S/A 07.655.520/0001-81

Paulo Roberto Elias Cardoso 288.882.516-34

Pedro Elias de Martins 682.058.057-68

Pedro Lourenço Montes 003.136.148-06

Quatro Irmãos Pedras Ltda ME 00.901.527/0001-97

Rita de Cássia de Oliveira Andrade ME 10.354.179/0001-39

Rogério Arioli Silva 337.702.800-59

Rogério Lopes da Rocha 042.089.907-32

Rubens Francisco Miranda da Silva 143.338.139-72

Samuel Kabacznik 000.572.822-34

Sávio Domingos de Oliveira 884.471.701-87

Sebastião Pinto de Almeida 197.655.681-34

Sebastião Rodrigues de Souza 031.030.566-72

Sete Sete Cinco Confecções Ltda 48.687.248/0001-07

Sidney Gonçalves de Jesus 403.986.502-25

Usina Salgado S.A. 10.383.750/0001-43

Usina Siderúrgica de Marabá S.A. 01.577.304/0001-89

Valber Falquetto 248.463.173-15

Valdecir Brás Luchi 574.861.317-49

Valdecir Brás Luchi 574.861.317-49

Valdemir Machado Cordeiro 474.871.867-68

Vicente Araújo Soares 718.131.526-96

Vicente Paulo Lourenço Lima 670.716.942-49

Vinícius Vancin Frozza 03.469.592/0001-83

Walder Machado 050.156.187-00

Walderez Fernando Resende Barbosa 039.609.516-04

Walter Machado Pereira 236.519.706-04

Zihuatanejo do Brasil Açúcar e Álcool S.A. 03.794.600/0004-00

Exclusões:

Empregador CNPJ/CPF

Antônio Fernando Bezerra 054.263.594-15

Antônio Sabino Rodrigues 542.529.626-68

Carlos Augusto de Freitas 173.008.601-25

Clézio Oliveira Naves 841.635.001-97

Estrela Agroflorestal Ltda. 79.441.168/0001-92

Fernando Jorge Peralta e Outros 017.518.598-00

Francisco Costa da Silva 154.167.984-91

Francisco Silva Cavalcante 040.486.522-49

José Palmiro da Silva Filho 111.577.121-34

Lauro de Freitas Lemes 460.714.076-72

Lidenor de Freitas Façanha Júnior 253.380.723-00

Luiz Carlos Brioschi 379.675.257-87

Manoel Marchetti Ind. e Com. Ltda 84.148.436/0005-46

Marizete Alves Silveira Araraquara ME 03.335.501/0001-17

Osmar Briochi 752.194.507-78

Osmar Richter 277.821.079-20

Reniuton Souza de Moraes 248.452.561-34

Fonte: Repórter Brasil
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br