Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Devemos tratar nossos amigos como queremos que eles nos tratem.
Aristóteles
05/11/2013

Crescem fraudes no seguro-desemprego

Mantega vê alta "atípica" nos gastos. PF identificou R$ 56 milhões em desvios

Roberta Scrivano

Geralda Doca

SÃO PAULO e BRASÍLIA - As fraudes, cometidas sobretudo por empresas, são o principal motivo da disparada dos gastos do governo com o seguro-desemprego, afirmou ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega, depois de se reunir com os dirigentes das principais centrais sindicais para discutir o assunto em São Paulo. Em apenas três operações da Polícia Federal (PF) sobre fraudes no seguro-desemprego, entre novembro de 2012 e setembro deste ano, foi identificado o desvio de R$ 56 milhões em pagamento de auxílios indevidos. O aumento dos gastos com seguro-desemprego tem pressionado as contas do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

? Que existe fraude, todos nós sabemos, e temos que coibir. Me parece que a iniciativa é dos empregadores. Não acredito que seja iniciativa dos trabalhadores ? disse Mantega, ao sair do encontro com os dirigentes sindicais.

Investigações da PF apontaram a formação de uma quadrilha especializada em Pernambuco, que acessava o Sistema Nacional de Emprego (Sine) com números de processos trabalhistas inexistentes e falsos vínculos empregatícios.

Um outro esquema de fraudes foi descoberto no Pará, com a participação de servidores do Ministério do Trabalho, da Caixa Econômica Federal e do Sine, além de políticos locais para fraudar o seguro destinado a pescadores artesa-nais no estado. Em São Paulo, foi presa uma quadrilha, que teria desviado mais de R$ 30 milhões, usando nomes de empresas e beneficiários fictícios.

Segundo Mantega, o govemo agora vai "investigar profundamente" as causas do aumento das despesas com o seguro-desemprego e o abono salarial, que devem chegar a R$ 47 bilhões este ano, o equivalente a 1% do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos). A alta desses gastos é um dos motivos para a piora nas contas do FAT que, como o GLOBO revelou no último dia 28, terá déficit recorde de R$ 7,2 bilhões este ano.

? O seguro-desemprego aumenta ati-picamente no Brasil, um país com níveis de pleno emprego ? afirmou.

De acordo o IBGE, a taxa de desemprego ficou em 5,4% em setembro. Os pagamentos do seguro em outubro somaram R$ 2,6 bilhões, bem acima do R$ 1 bilhão pago em setembro, segundo dados do Ministério de Trabalho e Emprego.

BNDES TERÁ MENOS CRÉDITO EM 2014 Em entrevista à agência Bloomberg News, Mantega disse que os financiamentos do BNDES serão reduzidos em 20% no próximo ano, para sustentar as finanças do país. O BNDES vai prover cerca de R$ 150 bilhões em financiamentos em 2014, comparados aos R$ 190 bilhões este ano.

A redução em empréstimos do banco, cuja carteira de US$ 232 bilhões (cerca de R$ 510 bilhões) é 60% maior do que a Banco Mundial, seria uma resposta à preocupação levantada pela agências de classificação de risco sobre o aumento do endividamento público. A Standard & Poor"s e a Moody"s recentemente pioraram suas perspectivas de crédito para o país.

Fonte: O Globo - 05/11/2013
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br