Pesquisa Notícias:
   
 
INSTITUCIONAL
Sobre a Agitra
Diretoria
Estatuto Social
 
SERVIÇOS
Verbo
Convênios
Turismo
WikiTrabalho
Pesquisa Conteúdo
Fale Conosco
Acesso Restrito
 
DIÁLOGOS COM A AUDITORIA DO TRABALHO

Segurança e as Novas Tecnologias na Construção Civil

Higiene Ocupacional: Quebrando Paradigmas

Devemos tratar nossos amigos como queremos que eles nos tratem.
Aristóteles
31/10/2013

Déficit recorde leva TCU a fazer auditoria nas contas do Fundo de Amparo ao Trabalhador

FAT deve ter rombo de R$ 7,2 bilhões este ano. Análise será feita no 1-semestre do ano que vem

Vinícius Sassine

Brasília

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou ontem a realização de uma auditoria nas contas do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Em sessão realizada no plenário da corte, o ministro-substituto André Luis de Carvalho propôs um pente fino no FAT, cujo rombo neste ano chegará a R$ 7,2 bilhões, pior resultado desde a criação do fundo, em 1990, segundo revelou o GLOBO na edição de segunda-feira. Os ministros concordaram e aprovaram a auditoria.

A fiscalização será feita no primeiro semestre de 2014, como ficou acertado na votação. Alguns ministros chegaram a sugerir a realização da auditoria ainda neste ano, em razão da gravidade dos fatos. Prevaleceu a avaliação de que não haveria tempo hábil para a apuração, e os ministros concordaram em deixar o pente fino para os primeiros meses do próximo ano.

? É preciso fazer uma nova fiscalização financeira do FAT, em especial sobre a atual situação, tendo em vista o que foi mostrado na imprensa e o que já foi discutido no TCU ? disse André Luis de Carvalho.

A proposta não estava prevista e foi incluída ontem mesmo na pauta. A previsão para 2014 é de um déficit ainda maior no FAT, de R$ 9,3 bilhões. Isso exigirá novos aportes do Tesouro. O fiindo é fonte de recursos para o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o seguro-desemprego e o abono salarial (PIS).

Para justificar o pedido de auditoria, André Luis Carvalho citou decisão do TCU de 2008 que já apontava "possível" déficit operacional do FAT. Diante das informações novas sobre o rombo no FAT, foi aprovada a realização da auditoria "em prazo que não exceda o primeiro semestre de 2014"

A reunião do conselho deliberativo do Fundo, realizada ontem para discutir medidas relativas ao déficit nas contas, não foi conclusiva. Nova reunião foi programada para finalizar as propostas e submetê-las à aprovação do colegiado.

Colaborou Geralda Doca

Fonte: O Globo - 31/10/2013
 
+ Clipagem

Reforma da Previdência - 44 coisas que você não pode deixar de saber - Leiam a matéria em anexo. Repense, reavalie esta Reforma da Previdência proposta. Faça sua parte, ajude na di

Negociação coletiva é importante para patrão e empregados - Por André F. WatanabeO mundo do trabalho passa por constantes mudanças. Com elas, os desafios de compreender qu

Carreiras de Estado repudiam estratégia do governo de culpar servidor pela crise econômica - O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou nesta sexta-feira (1º) nota à imprensa e à sociedade repudiando a es

ANFIP - TCU suspende pagamento de bônus para aposentados - A ANFIP publicou matéria sobre a suspensão do pagamento de bônus para aposentados e pensionista. A notícia está assim re

Dívida Explode. Por que? - Dívida explode. Por que?Auditoria Cidadã da Dívida25/7/2017Hoje os jornais alegam que a dívida pública federal

+ Notícia

 
AGITRA - Associação Gaúcha dos Auditores Fiscais do Trabalho
home | Fale Conosco | localização | convênios
Av. Mauá, 887, 6ºandar, Centro, Porto Alegre / RS - CEP: 90.010-110
Fones: (51) 3226-9733 ou 3227-1057 - E-mail: agitra@agitra.org.br